Visão geral do FAQ

Finance - Controle Integrado

Instalação do Finance - Controle Integrado na estação de trabalho

Para que seu programa seja executado corretamente é necessário a instalação do Firebird. Clique aqui para saber mais.

 Importante: Solicite por e-mail o link contendo o setup de instalação do programa juntamente com seu serial de instalação.

Para instalação do programa será necessário o nome da empresa e número de série fornecidos pela Minf Informática. Ao inserir os dados o botão avançar será liberado para continuar.

Informado os dados clique no botão Avançar.

Tela para selecionar o diretório de instalação. Não é recomendado alteração desta configuração. Só o faça caso seja realmente necessário. Clique no botão Avançar.

Selecione a opção de instalação Mínima e clique botão Avançar.

Recomendo não alterar o nome da Pasta do Menu Iniciar. Clique no botão Avançar.

Selecione o item para criar um ícone na Área de Trabalho e clique no botão Avançar.

Informação de como será instalado o programa no seu computador. Clique no botão Instalar para iniciar o processo de instalação.

Configuração inicial

Antes de concluir a instalação será apresentado uma tela para configuração do programa.

 Para obter essas configurações entre no programa em qualquer computador já instalado e configurado na opção do menu: Ajuda -> Sobre

Será apresentada uma tela com as configurações necessárias.

 Conforme as informações obtidas na tela de ajuda. Digite as informações de Diretório de Base de Dados e Servidor (Host ou IP) e clique no botão de testar.

 Se tudo correu bem será apresentado uma informação de que o teste foi concluído com sucesso. Agora é só clicar no botão de Salvar.

Concluído a instalação será apresentada a tela de abaixo. Clique no botão concluir.

 

Autor: : Minf
Última atualização: 22/12/2020 16:15


Inclui a despesa do frete no pedido de balcão. Desejo cobrar frete para delivery. Como vai ser lançado fiscal e no cupom?

Opção incluída conforme sugestão.

Autor: : Minf
Última atualização: 02/11/2021 23:19


Conheça os Status de Retorno do SEFAZ

Você já deve ter se deparado com alguns códigos dos status de retorno da SEFAZ ao emitir notas, e não conheçe o retorno.

Abaixo você conhecerá todos os código retornados pelo SEFAZ

 

Código - Descrição


100 - Autorizado o uso da NF-e
101 - Cancelamento de NF-e homologado
102 - Inutilização de número homologado
103 - Lote recebido com sucesso
104 - Lote processado
105 - Lote em processamento
106 - Lote não localizado
107 - Serviço em Operação
108 - Serviço Paralisado Momentaneamente (curto prazo)
109 - Serviço Paralisado sem Previsão
110 - Uso Denegado
111 - Consulta cadastro com uma ocorrência
112 - Consulta cadastro com mais de uma ocorrência
124 - EPEC Autorizado
128 - Lote de Evento Processado
135 - Evento registrado e vinculado a NF-e
136 - Evento registrado mas não vinculado a NF-e
137 - Nenhum documento localizado para o Destinatário
138 - Documento localizado para o Destinatário
139 - Pedido de Download processado
140 - Download disponibilizado
142 - Ambiente de Contingência EPEC bloqueado para o Emitente
150 - Autorizado o uso da NF-e autorização fora de prazo autorização fora de prazo
151 - Cancelamento de NF-e homologado fora de prazo
201 - Rejeição: Número máximo de numeração a inutilizar ultrapassou o limite
202 - Rejeição: Falha no reconhecimento da autoria ou integridade do arquivo digital
203 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão de NF-e
204 - Duplicidade de NF-e {nRec:999999999999999}
205 - NF-e está denegada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
206 - Rejeição: NF-e já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
207 - Rejeição: CNPJ do emitente inválido
208 - Rejeição: CNPJ do destinatário inválido
209 - Rejeição: IE do emitente inválida
210 - Rejeição: IE do destinatário inválida
211 - Rejeição: IE do substituto inválida
212 - Rejeição: Data de emissão NF-e posterior a data de recebimento
213 - Rejeição: CNPJ-Base do Emitente difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
214 - Rejeição: Tamanho da mensagem excedeu o limite estabelecido
215 - Rejeição: Falha no schema XML
216 - Rejeição: Chave de Acesso difere da cadastrada
217 - Rejeição: NF-e não consta na base de dados da SEFAZ
218 - NF-e já está cancelada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
219 - Rejeição: Circulação da NF-e verificada
220 - Rejeição: Prazo de Cancelamento superior ao previsto na Legislação
221 - Rejeição: Confirmado o recebimento da NF-e pelo destinatário
222 - Rejeição: Protocolo de Autorização de Uso difere do cadastrado
223 - Rejeição: CNPJ do transmissor do lote difere do CNPJ do transmissor da consulta
224 - Rejeição: A faixa inicial é maior que a faixa final
225 - Rejeição: Falha no Schema XML do lote de NFe
226 - Rejeição: Código da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
227 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
228 - Rejeição: Data de Emissão muito atrasada
229 - Rejeição: IE do emitente não informada
230 - Rejeição: IE do emitente não cadastrada
231 - Rejeição: IE do emitente não vinculada ao CNPJ
232 - Rejeição: IE do destinatário não informada
233 - Rejeição: IE do destinatário não cadastrada
234 - Rejeição: IE do destinatário não vinculada ao CNPJ
235 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA inválida
236 - Rejeição: Chave de Acesso com dígito verificador inválido
237 - Rejeição: CPF do destinatário inválido
238 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML superior a Versão vigente
239 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML não suportada
240 - Rejeição: Cancelamento/Inutilização – Irregularidade Fiscal do Emitente
241 - Rejeição: Um número da faixa já foi utilizado
242 - Rejeição: Cabeçalho – Falha no Schema XML
243 - Rejeição: XML Mal Formado
244 - Rejeição: CNPJ do Certificado Digital difere do CNPJ da Matriz e do CNPJ do Emitente
245 - Rejeição: CNPJ Emitente não cadastrado
246 - Rejeição: CNPJ Destinatário não cadastrado
247 - Rejeição: Sigla da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
248 - Rejeição: UF do Recibo diverge da UF autorizadora
249 - Rejeição: UF da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
250 - Rejeição: UF diverge da UF autorizadora
251 - Rejeição: UF/Município destinatário não pertence a SUFRAMA
252 - Rejeição: Ambiente informado diverge do Ambiente de recebimento
253 - Rejeição: Digito Verificador da chave de acesso composta inválida
254 - Rejeição: NF-e complementar não possui NF referenciada
255 - Rejeição: NF-e complementar possui mais de uma NF referenciada
256 - Rejeição: Uma NF-e da faixa já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
257 - Rejeição: Solicitante não habilitado para emissão da NF-e
258 - Rejeição: CNPJ da consulta inválido
259 - Rejeição: CNPJ da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
260 - Rejeição: IE da consulta inválida
261 - Rejeição: IE da consulta não cadastrada como contribuinte na UF
262 - Rejeição: UF não fornece consulta por CPF
263 - Rejeição: CPF da consulta inválido
264 - Rejeição: CPF da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
265 - Rejeição: Sigla da UF da consulta difere da UF do Web Service
266 - Rejeição: Série utilizada não permitida no Web Service
267 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e inexistente
268 - Rejeição: NF Complementar referencia outra NF-e Complementar
269 - Rejeição: CNPJ Emitente da NF Complementar difere do CNPJ da NF Referenciada
270 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: dígito inválido
271 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: difere da UF do emitente
272 - Rejeição: Código Município do Emitente inexistente
273 - Rejeição: Código Município do Emitente: difere da UF do emitente
274 - Rejeição: Código Município do Destinatário inexistente
275 - Rejeição: Código Município do Destinatário: difere da UF do Destinatário
276 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada inexistente
277 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada: difere da UF do Local de Retirada
278 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega inexistente
279 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega: difere da UF do Local de Entrega
280 - Rejeição: Certificado Transmissor inválido
281 - Rejeição: Certificado Transmissor Data Validade
282 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ
283 - Rejeição: Certificado Transmissor – erro Cadeia de Certificação
284 - Rejeição: Certificado Transmissor revogado
285 - Rejeição: Certificado Transmissor difere ICP-Brasil
286 - Rejeição: Certificado Transmissor erro no acesso a LCR
287 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador de ISSQN inexistente {nItem:nnn}
288 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador do Transporte inexistente
289 - Rejeição: Código da UF informada diverge da UF solicitada
290 - Rejeição: Certificado Assinatura inválido
291 - Rejeição: Certificado Assinatura Data Validade
292 - Rejeição: Certificado Assinatura sem CNPJ
293 - Rejeição: Certificado Assinatura – erro Cadeia de Certificação
294 - Rejeição: Certificado Assinatura revogado
295 - Rejeição: Certificado Assinatura difere ICP-Brasil
296 - Rejeição: Certificado Assinatura erro no acesso a LCR
297 - Rejeição: Assinatura difere do calculado
298 - Rejeição: Assinatura difere do padrão do Sistema
299 - Rejeição: XML da área de cabeçalho com codificação diferente de UTF-8
301 - Uso Denegado: Irregularidade fiscal do emitente
302 - Rejeição: Irregularidade fiscal do destinatário
303 - Uso Denegado: Destinatário não habilitado a operar na UF
304 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com evento da Suframa
315 - Rejeição: Data de Emissão anterior ao início da autorização de Nota Fiscal na UF
316 - Rejeição: Nota Fiscal referenciada com a mesma Chave de Acesso da Nota Fiscal atual
317 - Rejeição: NF modelo 1 referenciada com data de emissão inválida
318 - Rejeição: Contranota de Produtor sem Nota Fiscal referenciada
319 - Rejeição: Contranota de Produtor não pode referenciar somente Nota Fiscal de entrada
320 - Rejeição: Contranota de Produtor referencia somente NF de outro emitente
321 - Rejeição: NF-e de devolução de mercadoria não possui documento fiscal referenciado
322 - Rejeição: NF de produtor referenciada com data de emissão inválida
323 - Rejeição: CNPJ autorizado para download inválido
324 - Rejeição: CNPJ do destinatário já autorizado para download
325 - Rejeição: CPF autorizado para download inválido
326 - Rejeição: CPF do destinatário já autorizado para download
327 - Rejeição: CFOP inválido para Nota Fiscal com finalidade de devolução de mercadoria {nItem:nnn}
328 - Rejeição: CFOP de devolução de mercadoria para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
329 - Rejeição: Número da DI /DSI inválido
330 - Rejeição: Informar o Valor da AFRMM na importação por via marítima
331 - Rejeição: Informar o CNPJ do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
332 - Rejeição: CNPJ do adquirente ou do encomendante da importação inválido
333 - Rejeição: Informar a UF do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
334 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na importação
335 - Rejeição: Número do processo de drawback na importação inválido
336 - Rejeição: Informado o grupo de exportação no item para CFOP que não é de exportação
337 - Rejeição: NFC-e para emitente pessoa física
338 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na exportação
339 - Rejeição: Número do processo de drawback na exportação inválido
340 - Rejeição: Não informado o grupo de exportação indireta no item
341 - Rejeição: Número do registro de exportação inválido
342 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta com DV inválido
343 - Rejeição: Modelo da NF-e informada na Exportação Indireta diferente de 55
344 - Rejeição: Duplicidade de NF-e informada na Exportação Indireta (Chave de Acesso informada mais de uma vez)
345 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta não consta como NF-e referenciada
346 - Rejeição: Somatório das quantidades informadas na Exportação Indiretanão corresponde a quantidade total do item
347 - Rejeição: Descrição do combustível diverge da descrição adotada pela ANP
348 - Rejeição: NFC-e com grupo RECOPI
349 - Rejeição: Número RECOPI não informado
350 - Rejeição: Número RECOPI inválido
351 - Rejeição: Valor do ICMS da Operação no CST=51 difere do produto BC e Alíquota
352 - Rejeição: Valor do ICMS Diferido no CST=51 difere do produto Valor ICMS Operação e percentual diferimento
353 - Rejeição: Valor do ICMS no CST=51 não corresponde a diferença do ICMS operação e ICMS diferido
354 - Rejeição: Informado grupo de devolução de tributos para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
355 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais no caso da exportação
356 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais somente no caso da exportação
357 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta inexistente {nRef: xxx}
358 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta cancelada ou denegada {nRef: xxx}
359 - Rejeição: NF-e de venda a Órgão Público sem informar a Nota de Empenho
360 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inválida para a UF.
361 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inexistente na UF.
362 - Rejeição: Venda de combustível sem informação do Transportador
364 - Rejeição: Total do valor da dedução do ISS difere do somatório dos itens
365 - Rejeição: Total de outras retenções difere do somatório dos itens
366 - Rejeição: Total do desconto incondicionado ISS difere do somatório dos itens
367 - Rejeição: Total do desconto condicionado ISS difere do somatório dos itens
368 - Rejeição: Total de ISS retido difere do somatório dos itens
369 - Rejeição: Não informado o grupo avulsa na emissão pelo Fisco
370 - Rejeição: Nota Fiscal Avulsa com tipo de emissão inválido
372 - Rejeição: Destinatário com identificação de estrangeiro com caracteres inválidos
373 - Rejeição: Descrição do primeiro item diferente de NOTA FISCAL EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
374 - Rejeição: CFOP incompatível com o grupo de tributação {nItem:nnn}
375 - Rejeição: NF-e com CFOP 5929 (Lançamento relativo a Cupom Fiscal) referencia uma NFC-e {nItem:nnn}
376 - Rejeição: Data do Desembaraço Aduaneiro inválida {nItem:nnn}
378 - Rejeição: Grupo de Combustível sem a informação de Encerrante {nItem:nnn}
379 - Rejeição: Grupo de Encerrante na NF-e (modelo 55) para CFOP diferente de venda de combustível para consumidor final {nItem:nnn}
380 - Rejeição: Valor do Encerrante final não é superior ao Encerrante inicial {nItem:nnn}
381 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS90 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
382 - Rejeição:CFOP não permitido para o CST informado {nItem:nnn}
383 - Rejeição: Item com CSOSN indevido {nItem:nnn}
384 - Rejeição: CSOSN não permitido para a UF {nItem:nnn}
385 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS900 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
386 - Rejeição: CFOP não permitido para o CSOSN informado {nItem:nnn}
387 - Rejeição: Código de Enquadramento Legal do IPI inválido {nItem:nnn}
388 - Rejeição: Código de Situação Tributária do IPI incompatível com o Código de Enquadramento Legal do IPI {nItem:nnn}
389 - Rejeição: Código Município ISSQN inexistente {nItem:nnn}
390 - Rejeição: Nota Fiscal com grupo de devolução de tributos {nItem:nnn}
391 - Rejeição: Não informados os dados do cartão de crédito / débito nas Formas de Pagamento da Nota Fiscal
392 - Rejeição: Não informados os dados da operação de pagamento por cartão de crédito / débito
393 - Rejeição: NF-e com o grupo de Informações Suplementares
394 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação do QR-Code
395 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta via QRCode diverge do previsto
396 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code inexistente (chAcesso)
397 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code divergente da Nota Fiscal (chAcesso)
398 - Rejeição: Parâmetro nVersao do QR-Code difere do previsto
399 - Rejeição: Parâmetro de Identificação do destinatário no QR-Code para Nota Fiscal sem identificação do destinatário
400 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code não está no formato hexadecimal (dhEmi)
401 - Rejeição: CPF do emitente inválido
402 - Rejeição: XML da área de dados com codificação diferente de UTF-8
403 - Rejeição: O grupo de informações da NF-e avulsa é de uso exclusivo do Fisco
404 - Rejeição: Uso de prefixo de namespace não permitido
405 - Rejeição: Código do país do emitente: dígito inválido
406 - Rejeição: Código do país do destinatário: dígito inválido
407 - Rejeição: O CPF só pode ser informado no campo emitente para a NF-e avulsa
408 - Rejeição: Evento não disponível para Autor pessoa física
409 - Rejeição: Campo cUF inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
410 - Rejeição: UF informada no campo cUF não é atendida pelo Web Service
411 - Rejeição: Campo versaoDados inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
417 - Rejeição: Total do ICMS superior ao valor limite estabelecido
418 - Rejeição: Total do ICMS ST superior ao valor limite estabelecido
420 - Rejeição: Cancelamento para NF-e já cancelada
434 - Rejeição: NFe sem indicativo do intermediador
435 - Rejeição: NFe não pode ter o indicativo do intermediador
436 - Rejeição: Código do meio de pagamento inexistente.
437 - Rejeição: CNPJ da instituição de pagamento inválido
438 - Rejeição: Obrigatória as informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros
439 - Rejeição: Informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros preenchido indevidamente
440 - Rejeição: CNPJ do intermediador da transação inválido
441 - Rejeição: Descrição do pagamento obrigatória para meio de pagamento 99-outros
442 - Rejeição: Descrição do pagamento não permitida.
443 - Rejeição: Código da bandeira de operadora de cartão de crédito e/ou débito inexistente
450 - Rejeição: Modelo da NF-e diferente de 55
451 - Rejeição: Processo de emissão informado inválido
452 - Rejeição: Tipo Autorizador do Recibo diverge do Órgão Autorizador
453 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser superior ao Ano atual
454 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser inferior a 2006
455 - Rejeição: Órgão Autor do evento diferente da UF da Chave de Acesso
461 - Rejeição: Informado percentual de Gás Natural na mistura para produto diferente de GLP
462 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code não cadastrado na SEFAZ
463 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code foi revogado pela empresa
464 - Rejeição: Código de Hash no QR-Code difere do calculado
465 - Rejeição: Número de Controle da FCI inexistente
466 - Rejeição: Evento com Tipo de Autor incompatível
467 - Rejeição: Dados da NF-e divergentes do EPEC
468 - Rejeição: NF-e com Tipo Emissão = 4 sem EPEC correspondente
471 - Rejeição: Informado NCM=00 indevidamente
472 - Rejeição: CPF consultado difere do CPF do Certificado Digital
473 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ ou CPF
476 - Rejeição: Código da UF diverge da UF da primeira NF-e do Lote
477 - Rejeição: Código do órgão diverge do órgão do primeiro evento do Lote
478 - Rejeição: Local da entrega não informado para faturamento direto de veículos novos
479 - Rejeição: Data de Emissão anterior a data de credenciamento ou anterior a Data de Abertura do estabelecimento
480 - Rejeição: Código Município do Emitente diverge do cadastrado na UF
481 - Rejeição: Código Regime Tributário do emitente diverge do cadastro na SEFAZ
482 - Rejeição: Código do Município do Destinatário diverge do cadastrado na UF
483 - Rejeição: Valor do desconto maior que valor do produto {nItem:nnn}
484 - Rejeição: Chave de Acesso com tipo de emissão diferente de 4 (posição 35 da Chave de Acesso)
485 - Rejeição: Duplicidade de numeração do EPEC (Modelo CNPJ Série e Número)
486 - Rejeição: Não informado o Grupo de Autorização para UF que exige a identificação
487 - Rejeição: Escritório de Contabilidade não cadastrado na SEFAZ
488 - Rejeição: Vendas do Emitente incompatíveis com o Porte da Empresa
489 - Rejeição: CNPJ informado inválido (DV ou zeros)
490 - Rejeição: CPF informado inválido (DV ou zeros)
491 - Rejeição: O tpEvento informado inválido
492 - Rejeição: O verEvento informado inválido
493 - Rejeição: Evento não atende o Schema XML específico
494 - Rejeição: Chave de Acesso inexistente
496 - Rejeição: Não informado o tipo de integração no pagamento com cartão de crédito / débito
501 - Rejeição: Pedido de Cancelamento intempestivo (NF-e autorizada a mais de 7 dias)
502 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id não corresponde à concatenação dos campos correspondentes
503 - Rejeição: Série utilizada fora da faixa permitida no SCAN (900-999)
504 - Rejeição: Data de Entrada/Saída posterior ao permitido
505 - Rejeição: Data de Entrada/Saída anterior ao permitido
506 - Rejeição: Data de Saída menor que a Data de Emissão
507 - Rejeição: O CNPJ do destinatário/remetente não deve ser informado em operação com o exterior
508 - Rejeição: CST incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
509 - Rejeição: Informado código de município diferente de “9999999” para operação com o exterior
510 - Rejeição: Operação com Exterior e Código País destinatário é 1058 (Brasil) ou não informado
511 - Rejeição: Não é de Operação com Exterior e Código País destinatário difere de 1058 (Brasil)
512 - Rejeição: CNPJ do Local de Retirada inválido
513 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada deve ser 9999999 para UF retirada = EX
514 - Rejeição: CNPJ do Local de Entrega inválido
515 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega deve ser 9999999 para UF entrega = EX
516 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para a mensagem
517 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz da mensagem
518 - Rejeição: CFOP de entrada para NF-e de saída
519 - Rejeição: CFOP de saída para NF-e de entrada
520 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e UF destinatário difere de EX
521 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF do emitente difere da UF do destinatário para destinatário contribuinte do ICMS.
522 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF emitente difere da UF remetente para remetente contribuinte do ICMS.
523 - Rejeição: CFOP não é de Operação Estadual e UF emitente igual a UF destinatário.
524 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e não informado NCM
525 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados da DI
526 - Rejeição: Consulta a uma Chave de Acesso muito antiga
527 - Rejeição: Operação de Exportação com informação de ICMS incompatível
528 - Rejeição: Valor do ICMS difere do produto BC e Alíquota
529 - Rejeição: CST incompatível na operação com Contribuinte Isento de Inscrição Estadual {nItem:999}
530 - Rejeição: Operação com tributação de ISSQN sem informar a Inscrição Municipal
531 - Rejeição: Total da BC ICMS difere do somatório dos itens
532 - Rejeição: Total do ICMS difere do somatório dos itens
533 - Rejeição: Total da BC ICMS-ST difere do somatório dos itens
534 - Rejeição: Total do ICMS-ST difere do somatório dos itens
535 - Rejeição: Total do Frete difere do somatório dos itens
536 - Rejeição: Total do Seguro difere do somatório dos itens
537 - Rejeição: Total do Desconto difere do somatório dos itens
538 - Rejeição: Total do IPI difere do somatório dos itens
539 - Duplicidade de NF-e com diferença na Chave de Acesso {chNFe: 99999999999999999999999999999999999999999999}{nRec:999999999999999}
540 - Rejeição: CPF do Local de Retirada inválido
541 - Rejeição: CPF do Local de Entrega inválido
542 - Rejeição: CNPJ do Transportador inválido
543 - Rejeição: CPF do Transportador inválido
544 - Rejeição: IE do Transportador inválida
545 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão da mensagem
546 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
547 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso da NF-e Referenciada inválido
548 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada inválido.
549 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada de produtor inválido.
550 - Rejeição: CPF da NF referenciada de produtor inválido.
551 - Rejeição: IE da NF referenciada de produtor inválido.
552 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso do CT-e Referenciado inválido
553 - Rejeição: Tipo autorizador do recibo diverge do Órgão Autorizador.
554 - Rejeição: Série difere da faixa 0-899
555 - Rejeição: Tipo autorizador do protocolo diverge do Órgão Autorizador.
556 - Rejeição: Justificativa de entrada em contingência não deve ser informada para tipo de emissão normal.
557 - Rejeição: A Justificativa de entrada em contingência deve ser informada.
558 - Rejeição: Data de entrada em contingência posterior a data de recebimento.
559 - Rejeição: UF do Transportador não informada
560 - Rejeição: CNPJ base do emitente difere do CNPJ base da primeira NF-e do lote recebido
561 - Rejeição: Mês de Emissão informado na Chave de Acesso difere do Mês de Emissão da NF-e
562 - Rejeição: Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e {chNFe:99999999999999999999999999999999999999999999}
563 - Rejeição: Já existe pedido de Inutilização com a mesma faixa de inutilização
564 - Rejeição: Total do Produto / Serviço difere do somatório dos itens
565 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para o lote de NF-e
567 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão do lote de NF-e
568 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz do lote de NF-e
569 - Rejeição: Data de entrada em contingência muito atrasada
570 - Rejeição: Tipo de Emissão 3 6 ou 7 só é válido nas contingências SCAN/SVC
571 - Rejeição: O tpEmis informado diferente de 3 para contingência SCAN
572 - Rejeição: Erro Atributo ID do evento não corresponde a concatenação dos campos (“ID” + tpEvento + chNFe + nSeqEvento)
573 - Rejeição: Duplicidade de Evento
574 - Rejeição: O autor do evento diverge do emissor da NF-e
575 - Rejeição: O autor do evento diverge do destinatário da NF-e
576 - Rejeição: O autor do evento não é um órgão autorizado a gerar o evento
577 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de emissão da NF-e
578 - Rejeição: A data do evento não pode ser maior que a data do processamento
579 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para NF-e não emitida em contingência
580 - Rejeição: O evento exige uma NF-e autorizada
587 - Rejeição: Usar somente o namespace padrão da NF-e
588 - Rejeição: Não é permitida a presença de caracteres de edição no início/fim da mensagem ou entre as tags da mensagem
589 - Rejeição: Número do NSU informado superior ao maior NSU da base de dados da SEFAZ
590 - Rejeição: Informado CST para emissor do Simples Nacional (CRT=1)
591 - Rejeição: Informado CSOSN para emissor que não é do Simples Nacional (CRT diferente de 1)
592 - Rejeição: A NF-e deve ter pelo menos um item de produto sujeito ao ICMS
593 - Rejeição: CNPJ-Base consultado difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
594 - Rejeição: O número de sequencia do evento informado é maior que o permitido
595 - Rejeição: Obrigatória a informação da justificativa do evento.
596 - Rejeição: Evento apresentado fora do prazo: {prazo vigente}
597 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de IPI
598 - Rejeição: NF-e emitida em ambiente de homologação com Razão Social do destinatário diferente de NF-E EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
599 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de II
600 - Rejeição: CSOSN incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
601 - Rejeição: Total do II difere do somatório dos itens
602 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
603 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
604 - Rejeição: Total do vOutro difere do somatório dos itens
605 - Rejeição: Total do vISS difere do somatório do vProd dos itens sujeitos ao ISSQN
606 - Rejeição: Total do vBC do ISS difere do somatório dos itens
607 - Rejeição: Total do ISS difere do somatório dos itens
608 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
609 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
610 - Rejeição: Total da NF difere do somatório dos Valores compõe o valor Total da NF.
611 - Rejeição: cEAN inválido
612 - Rejeição: cEANTrib inválido
613 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
614 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Código UF inválido)
615 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Ano menor que 06 ou Ano maior que Ano corrente)
616 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Mês menor que 1 ou Mês maior que 12)
617 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (CNPJ zerado ou dígito inválido)
618 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (modelo diferente de 55 e 65)
619 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (número NF = 0)
620 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
621 - Rejeição: CPF Emitente não cadastrado
622 - Rejeição: IE emitente não vinculada ao CPF
623 - Rejeição: CPF Destinatário não cadastrado
624 - Rejeição: IE Destinatário não vinculada ao CPF
625 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA deve ser informada na venda com isenção para ZFM
626 - Rejeição: CFOP de operação isenta para ZFM diferente do previsto
627 - Rejeição: O valor do ICMS desonerado deve ser informado
628 - Rejeição: Total da NF superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
629 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Comercialização e Quantidade Comercial
630 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Tributação e Quantidade Tributável
631 - Rejeição: CNPJ-Base do Destinatário difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
632 - Rejeição: Solicitação fora de prazo a NF-e não está mais disponível para download
633 - Rejeição: NF-e indisponível para download devido a ausência de Manifestação do Destinatário
634 - Rejeição: Destinatário da NF-e não tem o mesmo CNPJ raiz do solicitante do download
635 - Rejeição: NF-e com mesmo número e série já transmitida e aguardando processamento
636 - Rejeição: O tipo do evento de cancelamento não corresponde ao tipo do evento a ser cancelado
641 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para o evento
650 - Rejeição: Evento de “Ciência da Emissão” para NF-e Cancelada ou Denegada
651 - Rejeição: Evento de “Desconhecimento da Operação” para NF-e Cancelada ou Denegada
653 - Rejeição: NF-e Cancelada arquivo indisponível para download
654 - Rejeição: NF-e Denegada arquivo indisponível para download
655 - Rejeição: Evento de Ciência da Emissão informado após a manifestação final do destinatário
656 - Rejeição: Consumo Indevido
657 - Rejeição: Código do Órgão diverge do órgão autorizador
658 - Rejeição: UF do destinatário da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
659 - Rejeição: Ano-Mês da Data de Emissão diverge do Ano-Mês da Chave de Acesso
660 - Rejeição: CFOP de Combustível e não informado grupo de combustível {nItem:nnn}
661 - Rejeição: NF-e já existente para o número do EPEC informado
662 - Rejeição: Numeração do EPEC está inutilizada na Base de Dados da SEFAZ
663 - Rejeição: Alíquota do ICMS com valor superior a 4 por cento na operação de saída interestadual com produtos importados {nItem:999}
678 - Rejeição: NF referenciada com UF diferente da NF-e complementar
679 - Rejeição: Modelo de DF-e referenciado inválido
680 - Rejeição: Duplicidade de NF-e referenciada (Chave de Acesso referenciada mais de uma vez)
681 - Rejeição: Duplicidade de NF Modelo 1 referenciada (CNPJ Modelo Série e Número)
682 - Rejeição: Duplicidade de NF de Produtor referenciada (IE Modelo Série e Número)
683 - Rejeição: Modelo do CT-e referenciado diferente de 57
684 - Rejeição: Duplicidade de Cupom Fiscal referenciado (Modelo Número de Ordem e COO)
685 - Rejeição: Total do Valor Aproximado dos Tributos difere do somatório dos itens
686 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e cancelada
687 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e denegada
688 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE inexistente {nRef: xxx}
689 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE não vinculada ao CNPJ/CPF informado {nRef: xxx}
690 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com CT-e
691 - Rejeição: Chave de Acesso da NF-e diverge da Chave de Acesso do EPEC
693 - Rejeição: Alíquota de ICMS superior a definida para a operação interestadual {nItem:999}
694 - Rejeição: Não informado o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
695 - Rejeição: Informado indevidamente o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
697 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS com origem diferente do previsto {nItem:999}
698 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS incompatível com as UF envolvidas na operação {nItem:999}
699 - Rejeição: Percentual do ICMS Interestadual para a UF de destino difere do previsto para o ano da Data de Emissão {nItem:999}
700 - Rejeição: Mensagem de Lote versão 3.xx. Enviar para o Web Service nfeAutorizacao
701 - Rejeição: Não informado Nota Fiscal referenciada (CFOP de Exportação Indireta)
702 - Rejeição: NFC-e não é aceita pela UF do Emitente
703 - Rejeição: Data-Hora de Emissão posterior ao horário de recebimento
704 - Rejeição: NFC-e com Data-Hora de emissão atrasada
705 - Rejeição: NFC-e com data de entrada/saída
706 - Rejeição: NFC-e para operação de entrada
707 - Rejeição: NFC-e para operação interestadual ou com o exterior
708 - Rejeição: NFC-e não pode referenciar documento fiscal
709 - Rejeição: NFC-e com formato de DANFE inválido
710 - Rejeição: NF-e com formato de DANFE inválido
711 - Rejeição: NF-e com contingência off-line
712 - Rejeição: NFC-e com contingência off-line para a UF
713 - Rejeição: Tipo de Emissão diferente de 6 ou 7 para contingência da SVC acessada
714 - Rejeição: NFC-e com opção de contingência inválida (tpEmis=2 4 (a critério da UF) ou 5)
715 - Rejeição: NFC-e com finalidade inválida
716 - Rejeição: NFC-e em operação não destinada a consumidor final
717 - Rejeição: NFC-e em operação não presencial
718 - Rejeição: NFC-e não deve informar IE de Substituto Tributário
719 - Rejeição: NF-e sem a identificação do destinatário
720 - Rejeição: Na operação com Exterior deve ser informada tag idEstrangeiro
721 - Rejeição: Operação interestadual deve informar CNPJ ou CPF
723 - Rejeição: Operação interna com idEstrangeiro informado deve ser para consumidor final
724 - Rejeição: NF-e sem o nome do destinatário
725 - Rejeição: NFC-e com CFOP inválido {nItem:nnn}
726 - Rejeição: NF-e sem a informação de endereço do destinatário
727 - Rejeição: Operação com Exterior e UF diferente de EX
728 - Rejeição: NF-e sem informação da IE do destinatário
729 - Rejeição: NFC-e com informação da IE do destinatário
730 - Rejeição: NFC-e com Inscrição Suframa
731 - Rejeição: CFOP de operação com Exterior e idDest <> 3
732 - Rejeição: CFOP de operação interestadual e idDest <> 2
733 - Rejeição: CFOP de operação interna e idDest <> 1
734 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Comercialização inválida
735 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Tributação inválida
736 - Rejeição: NFC-e com grupo de Veículos novos
737 - Rejeição: NFC-e com grupo de Medicamentos
738 - Rejeição: NFC-e com grupo de Armamentos
740 - Rejeição: Item com Repasse de ICMS retido por Substituto Tributário {nItem:nnn}
741 - Rejeição: NFC-e com Partilha de ICMS entre UF
742 - Rejeição: NFC-e com grupo do IPI
743 - Rejeição: NFC-e com grupo do II
745 - Rejeição: NF-e sem grupo do PIS
746 - Rejeição: NFC-e com grupo do PIS-ST
748 - Rejeição: NF-e sem grupo da COFINS
749 - Rejeição: NFC-e com grupo da COFINS-ST
750 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Código) {Limite}
751 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome) {Limite}
752 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Endereço) {Limite}
753 - Rejeição: NFC-e com Frete
754 - Rejeição: NFC-e com dados do Transportador
755 - Rejeição: NFC-e com dados de Retenção do ICMS no Transporte
756 - Rejeição: NFC-e com dados do veículo de Transporte
757 - Rejeição: NFC-e com dados de Reboque do veículo de Transporte
758 - Rejeição: NFC-e com dados do Vagão de Transporte
759 - Rejeição: NFC-e com dados da Balsa de Transporte
760 - Rejeição: NFC-e com dados de cobrança (Fatura Duplicata)
761 - Rejeição: Código de Produtos ANP inexistente
762 - Rejeição: NFC-e com dados de compras (Empenho Pedido Contrato)
763 - Rejeição: NFC-e com dados de aquisição de Cana
764 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para Lote com mais de uma NF-e (indSinc=1)
765 - Rejeição: Lote só poderá conter NF-e ou NFC-e
766 - Rejeição: Item com CST indevido {nItem:nnn}
767 - Rejeição: NFC-e com somatório dos pagamentos diferente do total da Nota Fiscal
768 - Rejeição: NF-e não deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
769 - Rejeição: A critério da UF NFC-e deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
770 - Rejeição: NFC-e autorizada há mais de 24 horas.
771 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino com EX
772 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino igual à UF do emitente
773 - Rejeição: Operação Interna e UF de destino difere da UF do emitente
774 - Rejeição: NFC-e com indicador de item não participante do total
775 - Rejeição: Modelo da NFC-e diferente de 65
776 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para UF que não disponibiliza este atendimento (indSinc=1)
777 - Rejeição: Obrigatória a informação do NCM completo
778 - Rejeição: Informado NCM inexistente {nItem:nnn}
779 - Rejeição: NFC-e com NCM incompatível
780 - Rejeição: Total da NFC-e superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
781 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão da NFC-e
782 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pelo SCAN
783 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pela SVC
784 - Rejeição: NFC-e não permite o evento de Carta de Correção
785 - Rejeição: NFC-e com entrega a domicílio não permitida pela UF
786 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem dados do Transportador
787 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem a identificação do destinatário
788 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem o endereço do destinatário
789 - Rejeição: NFC-e para destinatário contribuinte de ICMS
790 - Rejeição: Operação com Exterior para destinatário Contribuinte de ICMS
791 - Rejeição: NF-e com indicação de destinatário isento de IE com a informação da IE do destinatário
792 - Rejeição: Informada a IE do destinatário para operação com destinatário no Exterior
793 - Rejeição: Valor do ICMS relativo ao Fundo de Combate à Pobreza na UF de destino difere do calculado {nItem:999}
794 - Rejeição: NF-e com indicativo de NFC-e com entrega a domicílio
795 - Rejeição: Total do ICMS desonerado difere do somatório dos itens
796 - Rejeição: Empresa sem Chave de Segurança para o QR-Code
798 - Rejeição: Valor total do ICMS relativo Fundo de Combate à Pobreza (FCP) da UF de destino difere do somatório do valor dos itens
799 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF de destino difere do somatório dos itens
800 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF do remetente difere do somatório dos itens
805 - Rejeição: A SEFAZ do destinatário não permite Contribuinte Isento de Inscrição Estadual
806 - Rejeição: Operação com ICMS-ST sem informação do CEST
807 - Rejeição: NFC-e com grupo de ICMS para a UF do destinatário
854 - Rejeição: Unidade Tributável incompatível com produto informado {nItem:nnn}
855 - Rejeição: Somatório percentuais de GLP derivado do petróleo GLGNn e GLGNi difer
856 - Rejeição: Campo valor de partida não preenchido para produto GLP {nItem: nnn}
857 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento
858 - Rejeição: Grupo de Tributação informado indevidamente {nItem: nnn}
859 - Rejeição: Total do FCP retido anteriormente por Substituição Tributária difere d
860 - Rejeição: Valor do FCP informado difere de base de cálculo*alíquota {nItem:nnn}
861 - Rejeição: Total do FCP difere do somatório dos itens
862 - Rejeição: Total do FCP ST difere do somatório dos itens
863 - Rejeição: Total do IPI devolvido difere do somatório dos itens
864 - Rejeição: NF-e com indicativo de Operação presencial fora do estabelecimento e
865 - Rejeição: Total dos pagamentos menor que o total da nota
866 - Rejeição: Ausência de troco quando o valor dos pagamentos informados for maior
867 - Rejeição: Grupo Duplicata não deve ser preenchido
868 - Rejeição: Grupos Veiculo Transporte e Reboque não devem ser informados
869 - Rejeição: Valor do troco incorreto
870 - Rejeição: Data de validade incompatível com data de fabricação {nItem:nnn}
871 - Rejeição: O campo Forma de Pagamento deve ser preenchido com a opção “Sem Pagame
872 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento e não preenchido
873 - Rejeição: Rejeição: Operação com medicamentos não informado os campos de rastrea
874 - Rejeição: Percentual de FCP inválido {nItem:nnn}
875 - Rejeição: Percentual de FCP ST inválido {nItem:nnn}
876 - Rejeição: Operação interestadual para Consumidor Final e valor do FCP informado
877 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação da URL de consulta por chave de acesso
878 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta por chave de acesso diverge do prev
879 - Rejeição: Informado item “Produzido em Escala NÃO Relevante” e não informado CNP
999 - Rejeição: Erro não catalogado (informar a mensagem de erro capturado no tratamento da exceção)

Autor: : Minf
Última atualização: 27/05/2021 03:59


Inclui a despesa do frete no pedido de balcão. Desejo cobrar frete para delivery. Como vai ser lançado fiscalmente no cupom?

Sugestão aceita e concluida. Está disponível a partir da versão 1.65.362 do Finance.

Autor: : Minf
Última atualização: 02/06/2021 21:38


O que é Consumo Indevido?

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é o Consumo Indevido, suas principais causas e as consequências por detrás dessa prática. Confira!

Você sabe o que significa “consumo indevido”? Este termo empregado pelas Secretarias da Fazenda (Sefaz) traz bastante relevância para aqueles que precisam emitir os variados tipos de notas fiscais.

Neste post, você irá descobrir as principais causas que geram o consumo indevido, bem como as suas consequências (punições) para os emitentes infratores e como solucionar esse problema de vez! 

O que é consumo indevido?

O consumo indevido significa a utilização exagerada e desnecessária dos web services da Secretaria da Fazenda quando se trata de documentos fiscais eletrônicos, 

Em outras palavras, esse problema está relacionado ao envio repetido de requisições na Sefaz em um curto intervalo.

E, desse modo, os emitentes que cometem essa prática podem ser penalizados, ficando impossibilitados de utilizar os web services por um determinado período.

Seguem alguns exemplos de “Consumo Indevido” dos Web Services existentes:

Por qual  motivo ocorre a rejeição do consumo indevido?

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é o Consumo Indevido, suas principais causas e as consequências por detrás dessa prática. Confira!

Você sabe o que significa “consumo indevido”? Este termo empregado pelas Secretarias da Fazenda (Sefaz) traz bastante relevância para aqueles que precisam emitir os variados tipos de notas fiscais.

Neste post, você irá descobrir as principais causas que geram o consumo indevido, bem como as suas consequências (punições) para os emitentes infratores e como solucionar esse problema de vez! 

O que é consumo indevido?

O consumo indevido significa a utilização exagerada e desnecessária dos web services da Secretaria da Fazenda quando se trata de documentos fiscais eletrônicos, 

Em outras palavras, esse problema está relacionado ao envio repetido de requisições na Sefaz em um curto intervalo.

E, desse modo, os emitentes que cometem essa prática podem ser penalizados, ficando impossibilitados de utilizar os web services por um determinado período.

Seguem alguns exemplos de “Consumo Indevido” dos Web Services existentes:

Por qual  motivo ocorre a rejeição do consumo indevido?

A “Rejeição (656): Consumo Indevido” ocorre quando uma empresa sobrecarrega o sistema da Sefaz, com o envio repetitivo 

A partir daí, os web services passam a retornar esse erro como resposta. Isso acontece pois o sistema executa (ou permite que o usuário execute) muitas requisições para a Sefaz sem real necessidade, mas caso isso aconteça, você poderá sofrer punições.

Um exemplo prático seria a consulta de nota fiscal em looping, caso a primeira tentativa de consulta tenha falhado.

Apesar de na maioria dos casos o problema estar geralmente relacionado com o software emissor, esse impasse pode também ser causado pelo certificado digital ou pelo próprio webservice.

E, caso o problema venha a ser do sistema da Sefaz (webservice), a solução será entrar em contato com o órgão e relatar o problema, e assim, tentar um auxílio com a situação. 

Diante desse cenário e de modo a estruturar as regras do consumo indevido, foi publicada a Nota Técnica 2018.002, a qual regulamenta especificamente a respeito das regras e penalizações para o consumo indevido na NF-e e NFC-e.

De modo geral, a Rejeição 656 acontece quando:

  • Envio da NFe / NFC-e: Uma NF-e ou NFC-e for enviada mais de 30 vezes e apresentar a mesma rejeição
  • Envio de Eventos: Um evento apresentar 20 vezes a mesma rejeição
  • Inutilização: Uma Inutilização for enviada mais de 20 vezes e apresentar a mesma rejeição
  • Consulta por chave de acesso: Uma NF-e for consultada mais de 10 vezes em 1 hora
  • Consulta por Recibo: Um Recibo for consultado mais de 40 vezes em 1 hora
  • Outros Serviços: Se for verificado algum tipo de requisição em looping (mais de 40 requisições repetidas),o contribuinte ficará por 1 hora recebendo a Rejeição 656 

Quais são as suas consequências? 

Entre as consequências do consumo indevido, podemos ressaltar o bloqueio temporário de todas as requisições do emitente. 

ATENÇÃO: A duração período de penalização pode variar conforme a infração, bem como a recorrência do emitente neste tipo de problema.

As regras para as penalizações funcionam da seguinte forma:

  • Uma vez ocorrido um dos casos geradores da rejeição, o emitente terá como resposta a mensagem da Rejeição 656, isso durante 60 minutos para todas as suas requisições.
  • Se o emitente tentar realizar, mais uma vez, exatamente o mesmo envio/consulta/inutilização que causou sua Rejeição 656, seus 60 minutos de penalização são reiniciados.
  • Se o emitente ultrapassar 50 bloqueios de 60 minutos em sequência, a UF poderá bloquear seu IP ou seu CNPJ permanentemente! E, caso isso venha a acontecer, será necessário entrar em contato com a Sefaz autorizadora para tentar solucionar a questão.

Como evitar o consumo indevido?

Antigamente, a técnica usada para solucionar esse problema estava na rotação entre diferentes Certificados Digitais para autorizar os XMLs.

Entretanto, após o vigor da da Nota técnica 2018.002, esta prática tornou-se inviável, uma vez que os web services passaram a identificar o emitente também por meio do IP e do CNPJ, e não apenas através do Certificado Digital, como era feito. 

Diante disso, a conclusão é a seguinte: após a criação desse novo regulamento, é impossível solucionar o Consumo Indevido depois que ele ocorre.

Sendo assim, este é um daqueles casos que merecem atenção antes do problema acontecer. Como diz o ditado: É preferível prevenir do que remediar.

Uma forma de evitar que o seu software ou o usuário dele acabem incorrendo na prática do consumo indevido é implementar algumas rotinas de segurança no seu código.

 

Autor: : Minf
Última atualização: 29/09/2021 09:55


Configuração de e-mail por usuário

Os usuários do podem enviar e-mails diretamente pelo programa. Para isso é necessário a configuração dos dados do e-mail.

Essa configuração é individual para cada usuário do sistema. Cada provedor de tem suas particularidades de configurações. Por enquanto usaremos a configuração do Gmail.

Primeiro entre na opção do menu: Utilitário -> Manutenção de Usuário. Será apresentada a tela de cadastro de usuário conforme imagem abaixo.

Localize o usuário que deseja configurar. Neste exemplo usaremos o usuário suporte.

Clique no botão de Alterar em seguida na aba E-Mail conforme exemplo da imagem abaixo.

Preencha os dados solicitados no quadro configurações.

Lembrando que os dados abaixo são exemplos

Nome:  Suporte – Minf

Servidor: smtp.gmail.com

Usuário: suporte-minf@gmail.com

Senha: Suporte1234@

E-mail: suporte-minf@gmai.com.br

Porta: 587

Usar (SSL): Marcar

Caso queira poder ser criado uma assinatura de envio para todos os e-mails. Mas não é obrigatório.

Configurado verifique se os e-mails estão sendo enviados corretamente utilizando o botão “Testa E-mail

 

Autor: : Minf
Última atualização: 18/10/2021 23:03


INCLUI A DESPESA DO FRETE NO PEDIDO DE BALCÃO. DESEJO COBRAR FRETE PARA DELIVERY. COMO VAI SER LANÇADO FISCALMTNE NO CUPOM?

Esta entrada está sendo revisada e não pode ser mostrada.

Autor: : Minf
Última atualização: 02/11/2021 23:18


Controle de Estoque

Inclui a despesa do frete no pedido de balcão. Desejo cobrar frete para delivery. Como vai ser lançado fiscal e no cupom?

Opção incluída conforme sugestão.

Autor: : Minf
Última atualização: 02/11/2021 23:19


Conheça os Status de Retorno do SEFAZ

Você já deve ter se deparado com alguns códigos dos status de retorno da SEFAZ ao emitir notas, e não conheçe o retorno.

Abaixo você conhecerá todos os código retornados pelo SEFAZ

 

Código - Descrição


100 - Autorizado o uso da NF-e
101 - Cancelamento de NF-e homologado
102 - Inutilização de número homologado
103 - Lote recebido com sucesso
104 - Lote processado
105 - Lote em processamento
106 - Lote não localizado
107 - Serviço em Operação
108 - Serviço Paralisado Momentaneamente (curto prazo)
109 - Serviço Paralisado sem Previsão
110 - Uso Denegado
111 - Consulta cadastro com uma ocorrência
112 - Consulta cadastro com mais de uma ocorrência
124 - EPEC Autorizado
128 - Lote de Evento Processado
135 - Evento registrado e vinculado a NF-e
136 - Evento registrado mas não vinculado a NF-e
137 - Nenhum documento localizado para o Destinatário
138 - Documento localizado para o Destinatário
139 - Pedido de Download processado
140 - Download disponibilizado
142 - Ambiente de Contingência EPEC bloqueado para o Emitente
150 - Autorizado o uso da NF-e autorização fora de prazo autorização fora de prazo
151 - Cancelamento de NF-e homologado fora de prazo
201 - Rejeição: Número máximo de numeração a inutilizar ultrapassou o limite
202 - Rejeição: Falha no reconhecimento da autoria ou integridade do arquivo digital
203 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão de NF-e
204 - Duplicidade de NF-e {nRec:999999999999999}
205 - NF-e está denegada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
206 - Rejeição: NF-e já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
207 - Rejeição: CNPJ do emitente inválido
208 - Rejeição: CNPJ do destinatário inválido
209 - Rejeição: IE do emitente inválida
210 - Rejeição: IE do destinatário inválida
211 - Rejeição: IE do substituto inválida
212 - Rejeição: Data de emissão NF-e posterior a data de recebimento
213 - Rejeição: CNPJ-Base do Emitente difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
214 - Rejeição: Tamanho da mensagem excedeu o limite estabelecido
215 - Rejeição: Falha no schema XML
216 - Rejeição: Chave de Acesso difere da cadastrada
217 - Rejeição: NF-e não consta na base de dados da SEFAZ
218 - NF-e já está cancelada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
219 - Rejeição: Circulação da NF-e verificada
220 - Rejeição: Prazo de Cancelamento superior ao previsto na Legislação
221 - Rejeição: Confirmado o recebimento da NF-e pelo destinatário
222 - Rejeição: Protocolo de Autorização de Uso difere do cadastrado
223 - Rejeição: CNPJ do transmissor do lote difere do CNPJ do transmissor da consulta
224 - Rejeição: A faixa inicial é maior que a faixa final
225 - Rejeição: Falha no Schema XML do lote de NFe
226 - Rejeição: Código da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
227 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
228 - Rejeição: Data de Emissão muito atrasada
229 - Rejeição: IE do emitente não informada
230 - Rejeição: IE do emitente não cadastrada
231 - Rejeição: IE do emitente não vinculada ao CNPJ
232 - Rejeição: IE do destinatário não informada
233 - Rejeição: IE do destinatário não cadastrada
234 - Rejeição: IE do destinatário não vinculada ao CNPJ
235 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA inválida
236 - Rejeição: Chave de Acesso com dígito verificador inválido
237 - Rejeição: CPF do destinatário inválido
238 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML superior a Versão vigente
239 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML não suportada
240 - Rejeição: Cancelamento/Inutilização – Irregularidade Fiscal do Emitente
241 - Rejeição: Um número da faixa já foi utilizado
242 - Rejeição: Cabeçalho – Falha no Schema XML
243 - Rejeição: XML Mal Formado
244 - Rejeição: CNPJ do Certificado Digital difere do CNPJ da Matriz e do CNPJ do Emitente
245 - Rejeição: CNPJ Emitente não cadastrado
246 - Rejeição: CNPJ Destinatário não cadastrado
247 - Rejeição: Sigla da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
248 - Rejeição: UF do Recibo diverge da UF autorizadora
249 - Rejeição: UF da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
250 - Rejeição: UF diverge da UF autorizadora
251 - Rejeição: UF/Município destinatário não pertence a SUFRAMA
252 - Rejeição: Ambiente informado diverge do Ambiente de recebimento
253 - Rejeição: Digito Verificador da chave de acesso composta inválida
254 - Rejeição: NF-e complementar não possui NF referenciada
255 - Rejeição: NF-e complementar possui mais de uma NF referenciada
256 - Rejeição: Uma NF-e da faixa já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
257 - Rejeição: Solicitante não habilitado para emissão da NF-e
258 - Rejeição: CNPJ da consulta inválido
259 - Rejeição: CNPJ da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
260 - Rejeição: IE da consulta inválida
261 - Rejeição: IE da consulta não cadastrada como contribuinte na UF
262 - Rejeição: UF não fornece consulta por CPF
263 - Rejeição: CPF da consulta inválido
264 - Rejeição: CPF da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
265 - Rejeição: Sigla da UF da consulta difere da UF do Web Service
266 - Rejeição: Série utilizada não permitida no Web Service
267 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e inexistente
268 - Rejeição: NF Complementar referencia outra NF-e Complementar
269 - Rejeição: CNPJ Emitente da NF Complementar difere do CNPJ da NF Referenciada
270 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: dígito inválido
271 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: difere da UF do emitente
272 - Rejeição: Código Município do Emitente inexistente
273 - Rejeição: Código Município do Emitente: difere da UF do emitente
274 - Rejeição: Código Município do Destinatário inexistente
275 - Rejeição: Código Município do Destinatário: difere da UF do Destinatário
276 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada inexistente
277 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada: difere da UF do Local de Retirada
278 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega inexistente
279 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega: difere da UF do Local de Entrega
280 - Rejeição: Certificado Transmissor inválido
281 - Rejeição: Certificado Transmissor Data Validade
282 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ
283 - Rejeição: Certificado Transmissor – erro Cadeia de Certificação
284 - Rejeição: Certificado Transmissor revogado
285 - Rejeição: Certificado Transmissor difere ICP-Brasil
286 - Rejeição: Certificado Transmissor erro no acesso a LCR
287 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador de ISSQN inexistente {nItem:nnn}
288 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador do Transporte inexistente
289 - Rejeição: Código da UF informada diverge da UF solicitada
290 - Rejeição: Certificado Assinatura inválido
291 - Rejeição: Certificado Assinatura Data Validade
292 - Rejeição: Certificado Assinatura sem CNPJ
293 - Rejeição: Certificado Assinatura – erro Cadeia de Certificação
294 - Rejeição: Certificado Assinatura revogado
295 - Rejeição: Certificado Assinatura difere ICP-Brasil
296 - Rejeição: Certificado Assinatura erro no acesso a LCR
297 - Rejeição: Assinatura difere do calculado
298 - Rejeição: Assinatura difere do padrão do Sistema
299 - Rejeição: XML da área de cabeçalho com codificação diferente de UTF-8
301 - Uso Denegado: Irregularidade fiscal do emitente
302 - Rejeição: Irregularidade fiscal do destinatário
303 - Uso Denegado: Destinatário não habilitado a operar na UF
304 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com evento da Suframa
315 - Rejeição: Data de Emissão anterior ao início da autorização de Nota Fiscal na UF
316 - Rejeição: Nota Fiscal referenciada com a mesma Chave de Acesso da Nota Fiscal atual
317 - Rejeição: NF modelo 1 referenciada com data de emissão inválida
318 - Rejeição: Contranota de Produtor sem Nota Fiscal referenciada
319 - Rejeição: Contranota de Produtor não pode referenciar somente Nota Fiscal de entrada
320 - Rejeição: Contranota de Produtor referencia somente NF de outro emitente
321 - Rejeição: NF-e de devolução de mercadoria não possui documento fiscal referenciado
322 - Rejeição: NF de produtor referenciada com data de emissão inválida
323 - Rejeição: CNPJ autorizado para download inválido
324 - Rejeição: CNPJ do destinatário já autorizado para download
325 - Rejeição: CPF autorizado para download inválido
326 - Rejeição: CPF do destinatário já autorizado para download
327 - Rejeição: CFOP inválido para Nota Fiscal com finalidade de devolução de mercadoria {nItem:nnn}
328 - Rejeição: CFOP de devolução de mercadoria para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
329 - Rejeição: Número da DI /DSI inválido
330 - Rejeição: Informar o Valor da AFRMM na importação por via marítima
331 - Rejeição: Informar o CNPJ do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
332 - Rejeição: CNPJ do adquirente ou do encomendante da importação inválido
333 - Rejeição: Informar a UF do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
334 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na importação
335 - Rejeição: Número do processo de drawback na importação inválido
336 - Rejeição: Informado o grupo de exportação no item para CFOP que não é de exportação
337 - Rejeição: NFC-e para emitente pessoa física
338 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na exportação
339 - Rejeição: Número do processo de drawback na exportação inválido
340 - Rejeição: Não informado o grupo de exportação indireta no item
341 - Rejeição: Número do registro de exportação inválido
342 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta com DV inválido
343 - Rejeição: Modelo da NF-e informada na Exportação Indireta diferente de 55
344 - Rejeição: Duplicidade de NF-e informada na Exportação Indireta (Chave de Acesso informada mais de uma vez)
345 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta não consta como NF-e referenciada
346 - Rejeição: Somatório das quantidades informadas na Exportação Indiretanão corresponde a quantidade total do item
347 - Rejeição: Descrição do combustível diverge da descrição adotada pela ANP
348 - Rejeição: NFC-e com grupo RECOPI
349 - Rejeição: Número RECOPI não informado
350 - Rejeição: Número RECOPI inválido
351 - Rejeição: Valor do ICMS da Operação no CST=51 difere do produto BC e Alíquota
352 - Rejeição: Valor do ICMS Diferido no CST=51 difere do produto Valor ICMS Operação e percentual diferimento
353 - Rejeição: Valor do ICMS no CST=51 não corresponde a diferença do ICMS operação e ICMS diferido
354 - Rejeição: Informado grupo de devolução de tributos para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
355 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais no caso da exportação
356 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais somente no caso da exportação
357 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta inexistente {nRef: xxx}
358 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta cancelada ou denegada {nRef: xxx}
359 - Rejeição: NF-e de venda a Órgão Público sem informar a Nota de Empenho
360 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inválida para a UF.
361 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inexistente na UF.
362 - Rejeição: Venda de combustível sem informação do Transportador
364 - Rejeição: Total do valor da dedução do ISS difere do somatório dos itens
365 - Rejeição: Total de outras retenções difere do somatório dos itens
366 - Rejeição: Total do desconto incondicionado ISS difere do somatório dos itens
367 - Rejeição: Total do desconto condicionado ISS difere do somatório dos itens
368 - Rejeição: Total de ISS retido difere do somatório dos itens
369 - Rejeição: Não informado o grupo avulsa na emissão pelo Fisco
370 - Rejeição: Nota Fiscal Avulsa com tipo de emissão inválido
372 - Rejeição: Destinatário com identificação de estrangeiro com caracteres inválidos
373 - Rejeição: Descrição do primeiro item diferente de NOTA FISCAL EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
374 - Rejeição: CFOP incompatível com o grupo de tributação {nItem:nnn}
375 - Rejeição: NF-e com CFOP 5929 (Lançamento relativo a Cupom Fiscal) referencia uma NFC-e {nItem:nnn}
376 - Rejeição: Data do Desembaraço Aduaneiro inválida {nItem:nnn}
378 - Rejeição: Grupo de Combustível sem a informação de Encerrante {nItem:nnn}
379 - Rejeição: Grupo de Encerrante na NF-e (modelo 55) para CFOP diferente de venda de combustível para consumidor final {nItem:nnn}
380 - Rejeição: Valor do Encerrante final não é superior ao Encerrante inicial {nItem:nnn}
381 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS90 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
382 - Rejeição:CFOP não permitido para o CST informado {nItem:nnn}
383 - Rejeição: Item com CSOSN indevido {nItem:nnn}
384 - Rejeição: CSOSN não permitido para a UF {nItem:nnn}
385 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS900 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
386 - Rejeição: CFOP não permitido para o CSOSN informado {nItem:nnn}
387 - Rejeição: Código de Enquadramento Legal do IPI inválido {nItem:nnn}
388 - Rejeição: Código de Situação Tributária do IPI incompatível com o Código de Enquadramento Legal do IPI {nItem:nnn}
389 - Rejeição: Código Município ISSQN inexistente {nItem:nnn}
390 - Rejeição: Nota Fiscal com grupo de devolução de tributos {nItem:nnn}
391 - Rejeição: Não informados os dados do cartão de crédito / débito nas Formas de Pagamento da Nota Fiscal
392 - Rejeição: Não informados os dados da operação de pagamento por cartão de crédito / débito
393 - Rejeição: NF-e com o grupo de Informações Suplementares
394 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação do QR-Code
395 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta via QRCode diverge do previsto
396 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code inexistente (chAcesso)
397 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code divergente da Nota Fiscal (chAcesso)
398 - Rejeição: Parâmetro nVersao do QR-Code difere do previsto
399 - Rejeição: Parâmetro de Identificação do destinatário no QR-Code para Nota Fiscal sem identificação do destinatário
400 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code não está no formato hexadecimal (dhEmi)
401 - Rejeição: CPF do emitente inválido
402 - Rejeição: XML da área de dados com codificação diferente de UTF-8
403 - Rejeição: O grupo de informações da NF-e avulsa é de uso exclusivo do Fisco
404 - Rejeição: Uso de prefixo de namespace não permitido
405 - Rejeição: Código do país do emitente: dígito inválido
406 - Rejeição: Código do país do destinatário: dígito inválido
407 - Rejeição: O CPF só pode ser informado no campo emitente para a NF-e avulsa
408 - Rejeição: Evento não disponível para Autor pessoa física
409 - Rejeição: Campo cUF inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
410 - Rejeição: UF informada no campo cUF não é atendida pelo Web Service
411 - Rejeição: Campo versaoDados inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
417 - Rejeição: Total do ICMS superior ao valor limite estabelecido
418 - Rejeição: Total do ICMS ST superior ao valor limite estabelecido
420 - Rejeição: Cancelamento para NF-e já cancelada
434 - Rejeição: NFe sem indicativo do intermediador
435 - Rejeição: NFe não pode ter o indicativo do intermediador
436 - Rejeição: Código do meio de pagamento inexistente.
437 - Rejeição: CNPJ da instituição de pagamento inválido
438 - Rejeição: Obrigatória as informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros
439 - Rejeição: Informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros preenchido indevidamente
440 - Rejeição: CNPJ do intermediador da transação inválido
441 - Rejeição: Descrição do pagamento obrigatória para meio de pagamento 99-outros
442 - Rejeição: Descrição do pagamento não permitida.
443 - Rejeição: Código da bandeira de operadora de cartão de crédito e/ou débito inexistente
450 - Rejeição: Modelo da NF-e diferente de 55
451 - Rejeição: Processo de emissão informado inválido
452 - Rejeição: Tipo Autorizador do Recibo diverge do Órgão Autorizador
453 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser superior ao Ano atual
454 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser inferior a 2006
455 - Rejeição: Órgão Autor do evento diferente da UF da Chave de Acesso
461 - Rejeição: Informado percentual de Gás Natural na mistura para produto diferente de GLP
462 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code não cadastrado na SEFAZ
463 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code foi revogado pela empresa
464 - Rejeição: Código de Hash no QR-Code difere do calculado
465 - Rejeição: Número de Controle da FCI inexistente
466 - Rejeição: Evento com Tipo de Autor incompatível
467 - Rejeição: Dados da NF-e divergentes do EPEC
468 - Rejeição: NF-e com Tipo Emissão = 4 sem EPEC correspondente
471 - Rejeição: Informado NCM=00 indevidamente
472 - Rejeição: CPF consultado difere do CPF do Certificado Digital
473 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ ou CPF
476 - Rejeição: Código da UF diverge da UF da primeira NF-e do Lote
477 - Rejeição: Código do órgão diverge do órgão do primeiro evento do Lote
478 - Rejeição: Local da entrega não informado para faturamento direto de veículos novos
479 - Rejeição: Data de Emissão anterior a data de credenciamento ou anterior a Data de Abertura do estabelecimento
480 - Rejeição: Código Município do Emitente diverge do cadastrado na UF
481 - Rejeição: Código Regime Tributário do emitente diverge do cadastro na SEFAZ
482 - Rejeição: Código do Município do Destinatário diverge do cadastrado na UF
483 - Rejeição: Valor do desconto maior que valor do produto {nItem:nnn}
484 - Rejeição: Chave de Acesso com tipo de emissão diferente de 4 (posição 35 da Chave de Acesso)
485 - Rejeição: Duplicidade de numeração do EPEC (Modelo CNPJ Série e Número)
486 - Rejeição: Não informado o Grupo de Autorização para UF que exige a identificação
487 - Rejeição: Escritório de Contabilidade não cadastrado na SEFAZ
488 - Rejeição: Vendas do Emitente incompatíveis com o Porte da Empresa
489 - Rejeição: CNPJ informado inválido (DV ou zeros)
490 - Rejeição: CPF informado inválido (DV ou zeros)
491 - Rejeição: O tpEvento informado inválido
492 - Rejeição: O verEvento informado inválido
493 - Rejeição: Evento não atende o Schema XML específico
494 - Rejeição: Chave de Acesso inexistente
496 - Rejeição: Não informado o tipo de integração no pagamento com cartão de crédito / débito
501 - Rejeição: Pedido de Cancelamento intempestivo (NF-e autorizada a mais de 7 dias)
502 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id não corresponde à concatenação dos campos correspondentes
503 - Rejeição: Série utilizada fora da faixa permitida no SCAN (900-999)
504 - Rejeição: Data de Entrada/Saída posterior ao permitido
505 - Rejeição: Data de Entrada/Saída anterior ao permitido
506 - Rejeição: Data de Saída menor que a Data de Emissão
507 - Rejeição: O CNPJ do destinatário/remetente não deve ser informado em operação com o exterior
508 - Rejeição: CST incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
509 - Rejeição: Informado código de município diferente de “9999999” para operação com o exterior
510 - Rejeição: Operação com Exterior e Código País destinatário é 1058 (Brasil) ou não informado
511 - Rejeição: Não é de Operação com Exterior e Código País destinatário difere de 1058 (Brasil)
512 - Rejeição: CNPJ do Local de Retirada inválido
513 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada deve ser 9999999 para UF retirada = EX
514 - Rejeição: CNPJ do Local de Entrega inválido
515 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega deve ser 9999999 para UF entrega = EX
516 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para a mensagem
517 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz da mensagem
518 - Rejeição: CFOP de entrada para NF-e de saída
519 - Rejeição: CFOP de saída para NF-e de entrada
520 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e UF destinatário difere de EX
521 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF do emitente difere da UF do destinatário para destinatário contribuinte do ICMS.
522 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF emitente difere da UF remetente para remetente contribuinte do ICMS.
523 - Rejeição: CFOP não é de Operação Estadual e UF emitente igual a UF destinatário.
524 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e não informado NCM
525 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados da DI
526 - Rejeição: Consulta a uma Chave de Acesso muito antiga
527 - Rejeição: Operação de Exportação com informação de ICMS incompatível
528 - Rejeição: Valor do ICMS difere do produto BC e Alíquota
529 - Rejeição: CST incompatível na operação com Contribuinte Isento de Inscrição Estadual {nItem:999}
530 - Rejeição: Operação com tributação de ISSQN sem informar a Inscrição Municipal
531 - Rejeição: Total da BC ICMS difere do somatório dos itens
532 - Rejeição: Total do ICMS difere do somatório dos itens
533 - Rejeição: Total da BC ICMS-ST difere do somatório dos itens
534 - Rejeição: Total do ICMS-ST difere do somatório dos itens
535 - Rejeição: Total do Frete difere do somatório dos itens
536 - Rejeição: Total do Seguro difere do somatório dos itens
537 - Rejeição: Total do Desconto difere do somatório dos itens
538 - Rejeição: Total do IPI difere do somatório dos itens
539 - Duplicidade de NF-e com diferença na Chave de Acesso {chNFe: 99999999999999999999999999999999999999999999}{nRec:999999999999999}
540 - Rejeição: CPF do Local de Retirada inválido
541 - Rejeição: CPF do Local de Entrega inválido
542 - Rejeição: CNPJ do Transportador inválido
543 - Rejeição: CPF do Transportador inválido
544 - Rejeição: IE do Transportador inválida
545 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão da mensagem
546 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
547 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso da NF-e Referenciada inválido
548 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada inválido.
549 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada de produtor inválido.
550 - Rejeição: CPF da NF referenciada de produtor inválido.
551 - Rejeição: IE da NF referenciada de produtor inválido.
552 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso do CT-e Referenciado inválido
553 - Rejeição: Tipo autorizador do recibo diverge do Órgão Autorizador.
554 - Rejeição: Série difere da faixa 0-899
555 - Rejeição: Tipo autorizador do protocolo diverge do Órgão Autorizador.
556 - Rejeição: Justificativa de entrada em contingência não deve ser informada para tipo de emissão normal.
557 - Rejeição: A Justificativa de entrada em contingência deve ser informada.
558 - Rejeição: Data de entrada em contingência posterior a data de recebimento.
559 - Rejeição: UF do Transportador não informada
560 - Rejeição: CNPJ base do emitente difere do CNPJ base da primeira NF-e do lote recebido
561 - Rejeição: Mês de Emissão informado na Chave de Acesso difere do Mês de Emissão da NF-e
562 - Rejeição: Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e {chNFe:99999999999999999999999999999999999999999999}
563 - Rejeição: Já existe pedido de Inutilização com a mesma faixa de inutilização
564 - Rejeição: Total do Produto / Serviço difere do somatório dos itens
565 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para o lote de NF-e
567 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão do lote de NF-e
568 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz do lote de NF-e
569 - Rejeição: Data de entrada em contingência muito atrasada
570 - Rejeição: Tipo de Emissão 3 6 ou 7 só é válido nas contingências SCAN/SVC
571 - Rejeição: O tpEmis informado diferente de 3 para contingência SCAN
572 - Rejeição: Erro Atributo ID do evento não corresponde a concatenação dos campos (“ID” + tpEvento + chNFe + nSeqEvento)
573 - Rejeição: Duplicidade de Evento
574 - Rejeição: O autor do evento diverge do emissor da NF-e
575 - Rejeição: O autor do evento diverge do destinatário da NF-e
576 - Rejeição: O autor do evento não é um órgão autorizado a gerar o evento
577 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de emissão da NF-e
578 - Rejeição: A data do evento não pode ser maior que a data do processamento
579 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para NF-e não emitida em contingência
580 - Rejeição: O evento exige uma NF-e autorizada
587 - Rejeição: Usar somente o namespace padrão da NF-e
588 - Rejeição: Não é permitida a presença de caracteres de edição no início/fim da mensagem ou entre as tags da mensagem
589 - Rejeição: Número do NSU informado superior ao maior NSU da base de dados da SEFAZ
590 - Rejeição: Informado CST para emissor do Simples Nacional (CRT=1)
591 - Rejeição: Informado CSOSN para emissor que não é do Simples Nacional (CRT diferente de 1)
592 - Rejeição: A NF-e deve ter pelo menos um item de produto sujeito ao ICMS
593 - Rejeição: CNPJ-Base consultado difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
594 - Rejeição: O número de sequencia do evento informado é maior que o permitido
595 - Rejeição: Obrigatória a informação da justificativa do evento.
596 - Rejeição: Evento apresentado fora do prazo: {prazo vigente}
597 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de IPI
598 - Rejeição: NF-e emitida em ambiente de homologação com Razão Social do destinatário diferente de NF-E EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
599 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de II
600 - Rejeição: CSOSN incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
601 - Rejeição: Total do II difere do somatório dos itens
602 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
603 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
604 - Rejeição: Total do vOutro difere do somatório dos itens
605 - Rejeição: Total do vISS difere do somatório do vProd dos itens sujeitos ao ISSQN
606 - Rejeição: Total do vBC do ISS difere do somatório dos itens
607 - Rejeição: Total do ISS difere do somatório dos itens
608 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
609 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
610 - Rejeição: Total da NF difere do somatório dos Valores compõe o valor Total da NF.
611 - Rejeição: cEAN inválido
612 - Rejeição: cEANTrib inválido
613 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
614 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Código UF inválido)
615 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Ano menor que 06 ou Ano maior que Ano corrente)
616 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Mês menor que 1 ou Mês maior que 12)
617 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (CNPJ zerado ou dígito inválido)
618 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (modelo diferente de 55 e 65)
619 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (número NF = 0)
620 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
621 - Rejeição: CPF Emitente não cadastrado
622 - Rejeição: IE emitente não vinculada ao CPF
623 - Rejeição: CPF Destinatário não cadastrado
624 - Rejeição: IE Destinatário não vinculada ao CPF
625 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA deve ser informada na venda com isenção para ZFM
626 - Rejeição: CFOP de operação isenta para ZFM diferente do previsto
627 - Rejeição: O valor do ICMS desonerado deve ser informado
628 - Rejeição: Total da NF superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
629 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Comercialização e Quantidade Comercial
630 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Tributação e Quantidade Tributável
631 - Rejeição: CNPJ-Base do Destinatário difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
632 - Rejeição: Solicitação fora de prazo a NF-e não está mais disponível para download
633 - Rejeição: NF-e indisponível para download devido a ausência de Manifestação do Destinatário
634 - Rejeição: Destinatário da NF-e não tem o mesmo CNPJ raiz do solicitante do download
635 - Rejeição: NF-e com mesmo número e série já transmitida e aguardando processamento
636 - Rejeição: O tipo do evento de cancelamento não corresponde ao tipo do evento a ser cancelado
641 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para o evento
650 - Rejeição: Evento de “Ciência da Emissão” para NF-e Cancelada ou Denegada
651 - Rejeição: Evento de “Desconhecimento da Operação” para NF-e Cancelada ou Denegada
653 - Rejeição: NF-e Cancelada arquivo indisponível para download
654 - Rejeição: NF-e Denegada arquivo indisponível para download
655 - Rejeição: Evento de Ciência da Emissão informado após a manifestação final do destinatário
656 - Rejeição: Consumo Indevido
657 - Rejeição: Código do Órgão diverge do órgão autorizador
658 - Rejeição: UF do destinatário da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
659 - Rejeição: Ano-Mês da Data de Emissão diverge do Ano-Mês da Chave de Acesso
660 - Rejeição: CFOP de Combustível e não informado grupo de combustível {nItem:nnn}
661 - Rejeição: NF-e já existente para o número do EPEC informado
662 - Rejeição: Numeração do EPEC está inutilizada na Base de Dados da SEFAZ
663 - Rejeição: Alíquota do ICMS com valor superior a 4 por cento na operação de saída interestadual com produtos importados {nItem:999}
678 - Rejeição: NF referenciada com UF diferente da NF-e complementar
679 - Rejeição: Modelo de DF-e referenciado inválido
680 - Rejeição: Duplicidade de NF-e referenciada (Chave de Acesso referenciada mais de uma vez)
681 - Rejeição: Duplicidade de NF Modelo 1 referenciada (CNPJ Modelo Série e Número)
682 - Rejeição: Duplicidade de NF de Produtor referenciada (IE Modelo Série e Número)
683 - Rejeição: Modelo do CT-e referenciado diferente de 57
684 - Rejeição: Duplicidade de Cupom Fiscal referenciado (Modelo Número de Ordem e COO)
685 - Rejeição: Total do Valor Aproximado dos Tributos difere do somatório dos itens
686 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e cancelada
687 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e denegada
688 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE inexistente {nRef: xxx}
689 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE não vinculada ao CNPJ/CPF informado {nRef: xxx}
690 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com CT-e
691 - Rejeição: Chave de Acesso da NF-e diverge da Chave de Acesso do EPEC
693 - Rejeição: Alíquota de ICMS superior a definida para a operação interestadual {nItem:999}
694 - Rejeição: Não informado o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
695 - Rejeição: Informado indevidamente o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
697 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS com origem diferente do previsto {nItem:999}
698 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS incompatível com as UF envolvidas na operação {nItem:999}
699 - Rejeição: Percentual do ICMS Interestadual para a UF de destino difere do previsto para o ano da Data de Emissão {nItem:999}
700 - Rejeição: Mensagem de Lote versão 3.xx. Enviar para o Web Service nfeAutorizacao
701 - Rejeição: Não informado Nota Fiscal referenciada (CFOP de Exportação Indireta)
702 - Rejeição: NFC-e não é aceita pela UF do Emitente
703 - Rejeição: Data-Hora de Emissão posterior ao horário de recebimento
704 - Rejeição: NFC-e com Data-Hora de emissão atrasada
705 - Rejeição: NFC-e com data de entrada/saída
706 - Rejeição: NFC-e para operação de entrada
707 - Rejeição: NFC-e para operação interestadual ou com o exterior
708 - Rejeição: NFC-e não pode referenciar documento fiscal
709 - Rejeição: NFC-e com formato de DANFE inválido
710 - Rejeição: NF-e com formato de DANFE inválido
711 - Rejeição: NF-e com contingência off-line
712 - Rejeição: NFC-e com contingência off-line para a UF
713 - Rejeição: Tipo de Emissão diferente de 6 ou 7 para contingência da SVC acessada
714 - Rejeição: NFC-e com opção de contingência inválida (tpEmis=2 4 (a critério da UF) ou 5)
715 - Rejeição: NFC-e com finalidade inválida
716 - Rejeição: NFC-e em operação não destinada a consumidor final
717 - Rejeição: NFC-e em operação não presencial
718 - Rejeição: NFC-e não deve informar IE de Substituto Tributário
719 - Rejeição: NF-e sem a identificação do destinatário
720 - Rejeição: Na operação com Exterior deve ser informada tag idEstrangeiro
721 - Rejeição: Operação interestadual deve informar CNPJ ou CPF
723 - Rejeição: Operação interna com idEstrangeiro informado deve ser para consumidor final
724 - Rejeição: NF-e sem o nome do destinatário
725 - Rejeição: NFC-e com CFOP inválido {nItem:nnn}
726 - Rejeição: NF-e sem a informação de endereço do destinatário
727 - Rejeição: Operação com Exterior e UF diferente de EX
728 - Rejeição: NF-e sem informação da IE do destinatário
729 - Rejeição: NFC-e com informação da IE do destinatário
730 - Rejeição: NFC-e com Inscrição Suframa
731 - Rejeição: CFOP de operação com Exterior e idDest <> 3
732 - Rejeição: CFOP de operação interestadual e idDest <> 2
733 - Rejeição: CFOP de operação interna e idDest <> 1
734 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Comercialização inválida
735 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Tributação inválida
736 - Rejeição: NFC-e com grupo de Veículos novos
737 - Rejeição: NFC-e com grupo de Medicamentos
738 - Rejeição: NFC-e com grupo de Armamentos
740 - Rejeição: Item com Repasse de ICMS retido por Substituto Tributário {nItem:nnn}
741 - Rejeição: NFC-e com Partilha de ICMS entre UF
742 - Rejeição: NFC-e com grupo do IPI
743 - Rejeição: NFC-e com grupo do II
745 - Rejeição: NF-e sem grupo do PIS
746 - Rejeição: NFC-e com grupo do PIS-ST
748 - Rejeição: NF-e sem grupo da COFINS
749 - Rejeição: NFC-e com grupo da COFINS-ST
750 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Código) {Limite}
751 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome) {Limite}
752 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Endereço) {Limite}
753 - Rejeição: NFC-e com Frete
754 - Rejeição: NFC-e com dados do Transportador
755 - Rejeição: NFC-e com dados de Retenção do ICMS no Transporte
756 - Rejeição: NFC-e com dados do veículo de Transporte
757 - Rejeição: NFC-e com dados de Reboque do veículo de Transporte
758 - Rejeição: NFC-e com dados do Vagão de Transporte
759 - Rejeição: NFC-e com dados da Balsa de Transporte
760 - Rejeição: NFC-e com dados de cobrança (Fatura Duplicata)
761 - Rejeição: Código de Produtos ANP inexistente
762 - Rejeição: NFC-e com dados de compras (Empenho Pedido Contrato)
763 - Rejeição: NFC-e com dados de aquisição de Cana
764 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para Lote com mais de uma NF-e (indSinc=1)
765 - Rejeição: Lote só poderá conter NF-e ou NFC-e
766 - Rejeição: Item com CST indevido {nItem:nnn}
767 - Rejeição: NFC-e com somatório dos pagamentos diferente do total da Nota Fiscal
768 - Rejeição: NF-e não deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
769 - Rejeição: A critério da UF NFC-e deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
770 - Rejeição: NFC-e autorizada há mais de 24 horas.
771 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino com EX
772 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino igual à UF do emitente
773 - Rejeição: Operação Interna e UF de destino difere da UF do emitente
774 - Rejeição: NFC-e com indicador de item não participante do total
775 - Rejeição: Modelo da NFC-e diferente de 65
776 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para UF que não disponibiliza este atendimento (indSinc=1)
777 - Rejeição: Obrigatória a informação do NCM completo
778 - Rejeição: Informado NCM inexistente {nItem:nnn}
779 - Rejeição: NFC-e com NCM incompatível
780 - Rejeição: Total da NFC-e superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
781 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão da NFC-e
782 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pelo SCAN
783 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pela SVC
784 - Rejeição: NFC-e não permite o evento de Carta de Correção
785 - Rejeição: NFC-e com entrega a domicílio não permitida pela UF
786 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem dados do Transportador
787 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem a identificação do destinatário
788 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem o endereço do destinatário
789 - Rejeição: NFC-e para destinatário contribuinte de ICMS
790 - Rejeição: Operação com Exterior para destinatário Contribuinte de ICMS
791 - Rejeição: NF-e com indicação de destinatário isento de IE com a informação da IE do destinatário
792 - Rejeição: Informada a IE do destinatário para operação com destinatário no Exterior
793 - Rejeição: Valor do ICMS relativo ao Fundo de Combate à Pobreza na UF de destino difere do calculado {nItem:999}
794 - Rejeição: NF-e com indicativo de NFC-e com entrega a domicílio
795 - Rejeição: Total do ICMS desonerado difere do somatório dos itens
796 - Rejeição: Empresa sem Chave de Segurança para o QR-Code
798 - Rejeição: Valor total do ICMS relativo Fundo de Combate à Pobreza (FCP) da UF de destino difere do somatório do valor dos itens
799 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF de destino difere do somatório dos itens
800 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF do remetente difere do somatório dos itens
805 - Rejeição: A SEFAZ do destinatário não permite Contribuinte Isento de Inscrição Estadual
806 - Rejeição: Operação com ICMS-ST sem informação do CEST
807 - Rejeição: NFC-e com grupo de ICMS para a UF do destinatário
854 - Rejeição: Unidade Tributável incompatível com produto informado {nItem:nnn}
855 - Rejeição: Somatório percentuais de GLP derivado do petróleo GLGNn e GLGNi difer
856 - Rejeição: Campo valor de partida não preenchido para produto GLP {nItem: nnn}
857 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento
858 - Rejeição: Grupo de Tributação informado indevidamente {nItem: nnn}
859 - Rejeição: Total do FCP retido anteriormente por Substituição Tributária difere d
860 - Rejeição: Valor do FCP informado difere de base de cálculo*alíquota {nItem:nnn}
861 - Rejeição: Total do FCP difere do somatório dos itens
862 - Rejeição: Total do FCP ST difere do somatório dos itens
863 - Rejeição: Total do IPI devolvido difere do somatório dos itens
864 - Rejeição: NF-e com indicativo de Operação presencial fora do estabelecimento e
865 - Rejeição: Total dos pagamentos menor que o total da nota
866 - Rejeição: Ausência de troco quando o valor dos pagamentos informados for maior
867 - Rejeição: Grupo Duplicata não deve ser preenchido
868 - Rejeição: Grupos Veiculo Transporte e Reboque não devem ser informados
869 - Rejeição: Valor do troco incorreto
870 - Rejeição: Data de validade incompatível com data de fabricação {nItem:nnn}
871 - Rejeição: O campo Forma de Pagamento deve ser preenchido com a opção “Sem Pagame
872 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento e não preenchido
873 - Rejeição: Rejeição: Operação com medicamentos não informado os campos de rastrea
874 - Rejeição: Percentual de FCP inválido {nItem:nnn}
875 - Rejeição: Percentual de FCP ST inválido {nItem:nnn}
876 - Rejeição: Operação interestadual para Consumidor Final e valor do FCP informado
877 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação da URL de consulta por chave de acesso
878 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta por chave de acesso diverge do prev
879 - Rejeição: Informado item “Produzido em Escala NÃO Relevante” e não informado CNP
999 - Rejeição: Erro não catalogado (informar a mensagem de erro capturado no tratamento da exceção)

Autor: : Minf
Última atualização: 27/05/2021 03:59


O que é Consumo Indevido?

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é o Consumo Indevido, suas principais causas e as consequências por detrás dessa prática. Confira!

Você sabe o que significa “consumo indevido”? Este termo empregado pelas Secretarias da Fazenda (Sefaz) traz bastante relevância para aqueles que precisam emitir os variados tipos de notas fiscais.

Neste post, você irá descobrir as principais causas que geram o consumo indevido, bem como as suas consequências (punições) para os emitentes infratores e como solucionar esse problema de vez! 

O que é consumo indevido?

O consumo indevido significa a utilização exagerada e desnecessária dos web services da Secretaria da Fazenda quando se trata de documentos fiscais eletrônicos, 

Em outras palavras, esse problema está relacionado ao envio repetido de requisições na Sefaz em um curto intervalo.

E, desse modo, os emitentes que cometem essa prática podem ser penalizados, ficando impossibilitados de utilizar os web services por um determinado período.

Seguem alguns exemplos de “Consumo Indevido” dos Web Services existentes:

Por qual  motivo ocorre a rejeição do consumo indevido?

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é o Consumo Indevido, suas principais causas e as consequências por detrás dessa prática. Confira!

Você sabe o que significa “consumo indevido”? Este termo empregado pelas Secretarias da Fazenda (Sefaz) traz bastante relevância para aqueles que precisam emitir os variados tipos de notas fiscais.

Neste post, você irá descobrir as principais causas que geram o consumo indevido, bem como as suas consequências (punições) para os emitentes infratores e como solucionar esse problema de vez! 

O que é consumo indevido?

O consumo indevido significa a utilização exagerada e desnecessária dos web services da Secretaria da Fazenda quando se trata de documentos fiscais eletrônicos, 

Em outras palavras, esse problema está relacionado ao envio repetido de requisições na Sefaz em um curto intervalo.

E, desse modo, os emitentes que cometem essa prática podem ser penalizados, ficando impossibilitados de utilizar os web services por um determinado período.

Seguem alguns exemplos de “Consumo Indevido” dos Web Services existentes:

Por qual  motivo ocorre a rejeição do consumo indevido?

A “Rejeição (656): Consumo Indevido” ocorre quando uma empresa sobrecarrega o sistema da Sefaz, com o envio repetitivo 

A partir daí, os web services passam a retornar esse erro como resposta. Isso acontece pois o sistema executa (ou permite que o usuário execute) muitas requisições para a Sefaz sem real necessidade, mas caso isso aconteça, você poderá sofrer punições.

Um exemplo prático seria a consulta de nota fiscal em looping, caso a primeira tentativa de consulta tenha falhado.

Apesar de na maioria dos casos o problema estar geralmente relacionado com o software emissor, esse impasse pode também ser causado pelo certificado digital ou pelo próprio webservice.

E, caso o problema venha a ser do sistema da Sefaz (webservice), a solução será entrar em contato com o órgão e relatar o problema, e assim, tentar um auxílio com a situação. 

Diante desse cenário e de modo a estruturar as regras do consumo indevido, foi publicada a Nota Técnica 2018.002, a qual regulamenta especificamente a respeito das regras e penalizações para o consumo indevido na NF-e e NFC-e.

De modo geral, a Rejeição 656 acontece quando:

  • Envio da NFe / NFC-e: Uma NF-e ou NFC-e for enviada mais de 30 vezes e apresentar a mesma rejeição
  • Envio de Eventos: Um evento apresentar 20 vezes a mesma rejeição
  • Inutilização: Uma Inutilização for enviada mais de 20 vezes e apresentar a mesma rejeição
  • Consulta por chave de acesso: Uma NF-e for consultada mais de 10 vezes em 1 hora
  • Consulta por Recibo: Um Recibo for consultado mais de 40 vezes em 1 hora
  • Outros Serviços: Se for verificado algum tipo de requisição em looping (mais de 40 requisições repetidas),o contribuinte ficará por 1 hora recebendo a Rejeição 656 

Quais são as suas consequências? 

Entre as consequências do consumo indevido, podemos ressaltar o bloqueio temporário de todas as requisições do emitente. 

ATENÇÃO: A duração período de penalização pode variar conforme a infração, bem como a recorrência do emitente neste tipo de problema.

As regras para as penalizações funcionam da seguinte forma:

  • Uma vez ocorrido um dos casos geradores da rejeição, o emitente terá como resposta a mensagem da Rejeição 656, isso durante 60 minutos para todas as suas requisições.
  • Se o emitente tentar realizar, mais uma vez, exatamente o mesmo envio/consulta/inutilização que causou sua Rejeição 656, seus 60 minutos de penalização são reiniciados.
  • Se o emitente ultrapassar 50 bloqueios de 60 minutos em sequência, a UF poderá bloquear seu IP ou seu CNPJ permanentemente! E, caso isso venha a acontecer, será necessário entrar em contato com a Sefaz autorizadora para tentar solucionar a questão.

Como evitar o consumo indevido?

Antigamente, a técnica usada para solucionar esse problema estava na rotação entre diferentes Certificados Digitais para autorizar os XMLs.

Entretanto, após o vigor da da Nota técnica 2018.002, esta prática tornou-se inviável, uma vez que os web services passaram a identificar o emitente também por meio do IP e do CNPJ, e não apenas através do Certificado Digital, como era feito. 

Diante disso, a conclusão é a seguinte: após a criação desse novo regulamento, é impossível solucionar o Consumo Indevido depois que ele ocorre.

Sendo assim, este é um daqueles casos que merecem atenção antes do problema acontecer. Como diz o ditado: É preferível prevenir do que remediar.

Uma forma de evitar que o seu software ou o usuário dele acabem incorrendo na prática do consumo indevido é implementar algumas rotinas de segurança no seu código.

 

Autor: : Minf
Última atualização: 29/09/2021 09:55


Configuração de e-mail por usuário

Os usuários do podem enviar e-mails diretamente pelo programa. Para isso é necessário a configuração dos dados do e-mail.

Essa configuração é individual para cada usuário do sistema. Cada provedor de tem suas particularidades de configurações. Por enquanto usaremos a configuração do Gmail.

Primeiro entre na opção do menu: Utilitário -> Manutenção de Usuário. Será apresentada a tela de cadastro de usuário conforme imagem abaixo.

Localize o usuário que deseja configurar. Neste exemplo usaremos o usuário suporte.

Clique no botão de Alterar em seguida na aba E-Mail conforme exemplo da imagem abaixo.

Preencha os dados solicitados no quadro configurações.

Lembrando que os dados abaixo são exemplos

Nome:  Suporte – Minf

Servidor: smtp.gmail.com

Usuário: suporte-minf@gmail.com

Senha: Suporte1234@

E-mail: suporte-minf@gmai.com.br

Porta: 587

Usar (SSL): Marcar

Caso queira poder ser criado uma assinatura de envio para todos os e-mails. Mas não é obrigatório.

Configurado verifique se os e-mails estão sendo enviados corretamente utilizando o botão “Testa E-mail

 

Autor: : Minf
Última atualização: 18/10/2021 23:03


Geral

Como ativar o acesso a aplicativos menos seguros no Gmail

Configuração Google para enviar e-mail pelos sistemas.

1 - Fazer login em sua conta do Google através do link google.com informando seu endereço de e-mail e senha

2 - Estando conectado no Goolge acesse o link https://myaccount.google.com/lesssecureapps e na janela Aplicativos menos seguros mude a opção para ATIVADA.

3 - Feito isso, pode fechar a janela e fazer o teste de envio do sistema

Autor: : Minf
Última atualização: 24/08/2021 02:07


Instalação do Firebird 2.5 na estação de trabalho.

Para que seu programa seja executado corretamente é necessário a instalação do Firebird.

Importante: Antes de iniciar é necessário baixar o setup do Firebird no site da Minf na página de link. Clique aqui para abrir a página. O setup Firebird está disponível para 32bits e 64bits.

Execute o programa de instalação do Firebird conforme seu sistema operacional Windows 32 bits ou Windows 64 bits.   Tela para selecionar o idioma (Pode deixar português) e clique no botão OK.

 

Na sequência a tela de bem-vindo. Clique no botão Seguinte.

Tela de Contrato de licença. Clique na opção: Aceito o contrato e clique no botão Seguinte

Informação sobre a instalação clique no botão Seguinte.

Selecione o diretório de instalação. É recomendado não alterar o caminho sugerido pelo programa de instalação. Modifique se realmente for necessário. Clique no botão Seguinte. 

Selecione a instalação mínima do cliente. Essa opção irá instalar apenas os arquivos necessários para executar na estação de trabalho. Clique no botão Seguinte.

Recomendo marcar o item de não criar nenhuma pasta no Menu Iniciar do Windows. A instalação fica mais limpa e os atalhos criados são apenas de informações. Clique no botão Seguinte.

Selecione as duas tarefas conforme imagem abaixo e clique no botão Seguinte.

Resumo do que será feito na instalação. Clique no botão Instalar e aguarde a conclusão da instalação.

Ao concluir o processo de instalação será apresentada a tela de informação de instalação. Clique no botão seguinte.

Tela final de conclusão de instalação. Clique no botão Concluir.

Autor: : Minf
Última atualização: 27/05/2021 01:16


Conheça os Status de Retorno do SEFAZ

Você já deve ter se deparado com alguns códigos dos status de retorno da SEFAZ ao emitir notas, e não conheçe o retorno.

Abaixo você conhecerá todos os código retornados pelo SEFAZ

 

Código - Descrição


100 - Autorizado o uso da NF-e
101 - Cancelamento de NF-e homologado
102 - Inutilização de número homologado
103 - Lote recebido com sucesso
104 - Lote processado
105 - Lote em processamento
106 - Lote não localizado
107 - Serviço em Operação
108 - Serviço Paralisado Momentaneamente (curto prazo)
109 - Serviço Paralisado sem Previsão
110 - Uso Denegado
111 - Consulta cadastro com uma ocorrência
112 - Consulta cadastro com mais de uma ocorrência
124 - EPEC Autorizado
128 - Lote de Evento Processado
135 - Evento registrado e vinculado a NF-e
136 - Evento registrado mas não vinculado a NF-e
137 - Nenhum documento localizado para o Destinatário
138 - Documento localizado para o Destinatário
139 - Pedido de Download processado
140 - Download disponibilizado
142 - Ambiente de Contingência EPEC bloqueado para o Emitente
150 - Autorizado o uso da NF-e autorização fora de prazo autorização fora de prazo
151 - Cancelamento de NF-e homologado fora de prazo
201 - Rejeição: Número máximo de numeração a inutilizar ultrapassou o limite
202 - Rejeição: Falha no reconhecimento da autoria ou integridade do arquivo digital
203 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão de NF-e
204 - Duplicidade de NF-e {nRec:999999999999999}
205 - NF-e está denegada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
206 - Rejeição: NF-e já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
207 - Rejeição: CNPJ do emitente inválido
208 - Rejeição: CNPJ do destinatário inválido
209 - Rejeição: IE do emitente inválida
210 - Rejeição: IE do destinatário inválida
211 - Rejeição: IE do substituto inválida
212 - Rejeição: Data de emissão NF-e posterior a data de recebimento
213 - Rejeição: CNPJ-Base do Emitente difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
214 - Rejeição: Tamanho da mensagem excedeu o limite estabelecido
215 - Rejeição: Falha no schema XML
216 - Rejeição: Chave de Acesso difere da cadastrada
217 - Rejeição: NF-e não consta na base de dados da SEFAZ
218 - NF-e já está cancelada na base de dados da SEFAZ {nRec:999999999999999}
219 - Rejeição: Circulação da NF-e verificada
220 - Rejeição: Prazo de Cancelamento superior ao previsto na Legislação
221 - Rejeição: Confirmado o recebimento da NF-e pelo destinatário
222 - Rejeição: Protocolo de Autorização de Uso difere do cadastrado
223 - Rejeição: CNPJ do transmissor do lote difere do CNPJ do transmissor da consulta
224 - Rejeição: A faixa inicial é maior que a faixa final
225 - Rejeição: Falha no Schema XML do lote de NFe
226 - Rejeição: Código da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
227 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
228 - Rejeição: Data de Emissão muito atrasada
229 - Rejeição: IE do emitente não informada
230 - Rejeição: IE do emitente não cadastrada
231 - Rejeição: IE do emitente não vinculada ao CNPJ
232 - Rejeição: IE do destinatário não informada
233 - Rejeição: IE do destinatário não cadastrada
234 - Rejeição: IE do destinatário não vinculada ao CNPJ
235 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA inválida
236 - Rejeição: Chave de Acesso com dígito verificador inválido
237 - Rejeição: CPF do destinatário inválido
238 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML superior a Versão vigente
239 - Rejeição: Cabeçalho – Versão do arquivo XML não suportada
240 - Rejeição: Cancelamento/Inutilização – Irregularidade Fiscal do Emitente
241 - Rejeição: Um número da faixa já foi utilizado
242 - Rejeição: Cabeçalho – Falha no Schema XML
243 - Rejeição: XML Mal Formado
244 - Rejeição: CNPJ do Certificado Digital difere do CNPJ da Matriz e do CNPJ do Emitente
245 - Rejeição: CNPJ Emitente não cadastrado
246 - Rejeição: CNPJ Destinatário não cadastrado
247 - Rejeição: Sigla da UF do Emitente diverge da UF autorizadora
248 - Rejeição: UF do Recibo diverge da UF autorizadora
249 - Rejeição: UF da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
250 - Rejeição: UF diverge da UF autorizadora
251 - Rejeição: UF/Município destinatário não pertence a SUFRAMA
252 - Rejeição: Ambiente informado diverge do Ambiente de recebimento
253 - Rejeição: Digito Verificador da chave de acesso composta inválida
254 - Rejeição: NF-e complementar não possui NF referenciada
255 - Rejeição: NF-e complementar possui mais de uma NF referenciada
256 - Rejeição: Uma NF-e da faixa já está inutilizada na Base de dados da SEFAZ
257 - Rejeição: Solicitante não habilitado para emissão da NF-e
258 - Rejeição: CNPJ da consulta inválido
259 - Rejeição: CNPJ da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
260 - Rejeição: IE da consulta inválida
261 - Rejeição: IE da consulta não cadastrada como contribuinte na UF
262 - Rejeição: UF não fornece consulta por CPF
263 - Rejeição: CPF da consulta inválido
264 - Rejeição: CPF da consulta não cadastrado como contribuinte na UF
265 - Rejeição: Sigla da UF da consulta difere da UF do Web Service
266 - Rejeição: Série utilizada não permitida no Web Service
267 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e inexistente
268 - Rejeição: NF Complementar referencia outra NF-e Complementar
269 - Rejeição: CNPJ Emitente da NF Complementar difere do CNPJ da NF Referenciada
270 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: dígito inválido
271 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador: difere da UF do emitente
272 - Rejeição: Código Município do Emitente inexistente
273 - Rejeição: Código Município do Emitente: difere da UF do emitente
274 - Rejeição: Código Município do Destinatário inexistente
275 - Rejeição: Código Município do Destinatário: difere da UF do Destinatário
276 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada inexistente
277 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada: difere da UF do Local de Retirada
278 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega inexistente
279 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega: difere da UF do Local de Entrega
280 - Rejeição: Certificado Transmissor inválido
281 - Rejeição: Certificado Transmissor Data Validade
282 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ
283 - Rejeição: Certificado Transmissor – erro Cadeia de Certificação
284 - Rejeição: Certificado Transmissor revogado
285 - Rejeição: Certificado Transmissor difere ICP-Brasil
286 - Rejeição: Certificado Transmissor erro no acesso a LCR
287 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador de ISSQN inexistente {nItem:nnn}
288 - Rejeição: Código Município do Fato Gerador do Transporte inexistente
289 - Rejeição: Código da UF informada diverge da UF solicitada
290 - Rejeição: Certificado Assinatura inválido
291 - Rejeição: Certificado Assinatura Data Validade
292 - Rejeição: Certificado Assinatura sem CNPJ
293 - Rejeição: Certificado Assinatura – erro Cadeia de Certificação
294 - Rejeição: Certificado Assinatura revogado
295 - Rejeição: Certificado Assinatura difere ICP-Brasil
296 - Rejeição: Certificado Assinatura erro no acesso a LCR
297 - Rejeição: Assinatura difere do calculado
298 - Rejeição: Assinatura difere do padrão do Sistema
299 - Rejeição: XML da área de cabeçalho com codificação diferente de UTF-8
301 - Uso Denegado: Irregularidade fiscal do emitente
302 - Rejeição: Irregularidade fiscal do destinatário
303 - Uso Denegado: Destinatário não habilitado a operar na UF
304 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com evento da Suframa
315 - Rejeição: Data de Emissão anterior ao início da autorização de Nota Fiscal na UF
316 - Rejeição: Nota Fiscal referenciada com a mesma Chave de Acesso da Nota Fiscal atual
317 - Rejeição: NF modelo 1 referenciada com data de emissão inválida
318 - Rejeição: Contranota de Produtor sem Nota Fiscal referenciada
319 - Rejeição: Contranota de Produtor não pode referenciar somente Nota Fiscal de entrada
320 - Rejeição: Contranota de Produtor referencia somente NF de outro emitente
321 - Rejeição: NF-e de devolução de mercadoria não possui documento fiscal referenciado
322 - Rejeição: NF de produtor referenciada com data de emissão inválida
323 - Rejeição: CNPJ autorizado para download inválido
324 - Rejeição: CNPJ do destinatário já autorizado para download
325 - Rejeição: CPF autorizado para download inválido
326 - Rejeição: CPF do destinatário já autorizado para download
327 - Rejeição: CFOP inválido para Nota Fiscal com finalidade de devolução de mercadoria {nItem:nnn}
328 - Rejeição: CFOP de devolução de mercadoria para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
329 - Rejeição: Número da DI /DSI inválido
330 - Rejeição: Informar o Valor da AFRMM na importação por via marítima
331 - Rejeição: Informar o CNPJ do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
332 - Rejeição: CNPJ do adquirente ou do encomendante da importação inválido
333 - Rejeição: Informar a UF do adquirente ou do encomendante nesta forma de importação
334 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na importação
335 - Rejeição: Número do processo de drawback na importação inválido
336 - Rejeição: Informado o grupo de exportação no item para CFOP que não é de exportação
337 - Rejeição: NFC-e para emitente pessoa física
338 - Rejeição: Número do processo de drawback não informado na exportação
339 - Rejeição: Número do processo de drawback na exportação inválido
340 - Rejeição: Não informado o grupo de exportação indireta no item
341 - Rejeição: Número do registro de exportação inválido
342 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta com DV inválido
343 - Rejeição: Modelo da NF-e informada na Exportação Indireta diferente de 55
344 - Rejeição: Duplicidade de NF-e informada na Exportação Indireta (Chave de Acesso informada mais de uma vez)
345 - Rejeição: Chave de Acesso informada na Exportação Indireta não consta como NF-e referenciada
346 - Rejeição: Somatório das quantidades informadas na Exportação Indiretanão corresponde a quantidade total do item
347 - Rejeição: Descrição do combustível diverge da descrição adotada pela ANP
348 - Rejeição: NFC-e com grupo RECOPI
349 - Rejeição: Número RECOPI não informado
350 - Rejeição: Número RECOPI inválido
351 - Rejeição: Valor do ICMS da Operação no CST=51 difere do produto BC e Alíquota
352 - Rejeição: Valor do ICMS Diferido no CST=51 difere do produto Valor ICMS Operação e percentual diferimento
353 - Rejeição: Valor do ICMS no CST=51 não corresponde a diferença do ICMS operação e ICMS diferido
354 - Rejeição: Informado grupo de devolução de tributos para NF-e que não tem finalidade de devolução de mercadoria
355 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais no caso da exportação
356 - Rejeição: Informar o local de saída do Pais somente no caso da exportação
357 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta inexistente {nRef: xxx}
358 - Rejeição: Chave de Acesso do grupo de Exportação Indireta cancelada ou denegada {nRef: xxx}
359 - Rejeição: NF-e de venda a Órgão Público sem informar a Nota de Empenho
360 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inválida para a UF.
361 - Rejeição: NF-e com Nota de Empenho inexistente na UF.
362 - Rejeição: Venda de combustível sem informação do Transportador
364 - Rejeição: Total do valor da dedução do ISS difere do somatório dos itens
365 - Rejeição: Total de outras retenções difere do somatório dos itens
366 - Rejeição: Total do desconto incondicionado ISS difere do somatório dos itens
367 - Rejeição: Total do desconto condicionado ISS difere do somatório dos itens
368 - Rejeição: Total de ISS retido difere do somatório dos itens
369 - Rejeição: Não informado o grupo avulsa na emissão pelo Fisco
370 - Rejeição: Nota Fiscal Avulsa com tipo de emissão inválido
372 - Rejeição: Destinatário com identificação de estrangeiro com caracteres inválidos
373 - Rejeição: Descrição do primeiro item diferente de NOTA FISCAL EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
374 - Rejeição: CFOP incompatível com o grupo de tributação {nItem:nnn}
375 - Rejeição: NF-e com CFOP 5929 (Lançamento relativo a Cupom Fiscal) referencia uma NFC-e {nItem:nnn}
376 - Rejeição: Data do Desembaraço Aduaneiro inválida {nItem:nnn}
378 - Rejeição: Grupo de Combustível sem a informação de Encerrante {nItem:nnn}
379 - Rejeição: Grupo de Encerrante na NF-e (modelo 55) para CFOP diferente de venda de combustível para consumidor final {nItem:nnn}
380 - Rejeição: Valor do Encerrante final não é superior ao Encerrante inicial {nItem:nnn}
381 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS90 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
382 - Rejeição:CFOP não permitido para o CST informado {nItem:nnn}
383 - Rejeição: Item com CSOSN indevido {nItem:nnn}
384 - Rejeição: CSOSN não permitido para a UF {nItem:nnn}
385 - Rejeição:Grupo de tributação ICMS900 informando dados do ICMS-ST {nItem:nnn}
386 - Rejeição: CFOP não permitido para o CSOSN informado {nItem:nnn}
387 - Rejeição: Código de Enquadramento Legal do IPI inválido {nItem:nnn}
388 - Rejeição: Código de Situação Tributária do IPI incompatível com o Código de Enquadramento Legal do IPI {nItem:nnn}
389 - Rejeição: Código Município ISSQN inexistente {nItem:nnn}
390 - Rejeição: Nota Fiscal com grupo de devolução de tributos {nItem:nnn}
391 - Rejeição: Não informados os dados do cartão de crédito / débito nas Formas de Pagamento da Nota Fiscal
392 - Rejeição: Não informados os dados da operação de pagamento por cartão de crédito / débito
393 - Rejeição: NF-e com o grupo de Informações Suplementares
394 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação do QR-Code
395 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta via QRCode diverge do previsto
396 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code inexistente (chAcesso)
397 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code divergente da Nota Fiscal (chAcesso)
398 - Rejeição: Parâmetro nVersao do QR-Code difere do previsto
399 - Rejeição: Parâmetro de Identificação do destinatário no QR-Code para Nota Fiscal sem identificação do destinatário
400 - Rejeição: Parâmetro do QR-Code não está no formato hexadecimal (dhEmi)
401 - Rejeição: CPF do emitente inválido
402 - Rejeição: XML da área de dados com codificação diferente de UTF-8
403 - Rejeição: O grupo de informações da NF-e avulsa é de uso exclusivo do Fisco
404 - Rejeição: Uso de prefixo de namespace não permitido
405 - Rejeição: Código do país do emitente: dígito inválido
406 - Rejeição: Código do país do destinatário: dígito inválido
407 - Rejeição: O CPF só pode ser informado no campo emitente para a NF-e avulsa
408 - Rejeição: Evento não disponível para Autor pessoa física
409 - Rejeição: Campo cUF inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
410 - Rejeição: UF informada no campo cUF não é atendida pelo Web Service
411 - Rejeição: Campo versaoDados inexistente no elemento nfeCabecMsg do SOAP Header
417 - Rejeição: Total do ICMS superior ao valor limite estabelecido
418 - Rejeição: Total do ICMS ST superior ao valor limite estabelecido
420 - Rejeição: Cancelamento para NF-e já cancelada
434 - Rejeição: NFe sem indicativo do intermediador
435 - Rejeição: NFe não pode ter o indicativo do intermediador
436 - Rejeição: Código do meio de pagamento inexistente.
437 - Rejeição: CNPJ da instituição de pagamento inválido
438 - Rejeição: Obrigatória as informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros
439 - Rejeição: Informações do intermediador da transação para operação por site de terceiros preenchido indevidamente
440 - Rejeição: CNPJ do intermediador da transação inválido
441 - Rejeição: Descrição do pagamento obrigatória para meio de pagamento 99-outros
442 - Rejeição: Descrição do pagamento não permitida.
443 - Rejeição: Código da bandeira de operadora de cartão de crédito e/ou débito inexistente
450 - Rejeição: Modelo da NF-e diferente de 55
451 - Rejeição: Processo de emissão informado inválido
452 - Rejeição: Tipo Autorizador do Recibo diverge do Órgão Autorizador
453 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser superior ao Ano atual
454 - Rejeição: Ano de inutilização não pode ser inferior a 2006
455 - Rejeição: Órgão Autor do evento diferente da UF da Chave de Acesso
461 - Rejeição: Informado percentual de Gás Natural na mistura para produto diferente de GLP
462 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code não cadastrado na SEFAZ
463 - Rejeição: Código Identificador do CSC no QR-Code foi revogado pela empresa
464 - Rejeição: Código de Hash no QR-Code difere do calculado
465 - Rejeição: Número de Controle da FCI inexistente
466 - Rejeição: Evento com Tipo de Autor incompatível
467 - Rejeição: Dados da NF-e divergentes do EPEC
468 - Rejeição: NF-e com Tipo Emissão = 4 sem EPEC correspondente
471 - Rejeição: Informado NCM=00 indevidamente
472 - Rejeição: CPF consultado difere do CPF do Certificado Digital
473 - Rejeição: Certificado Transmissor sem CNPJ ou CPF
476 - Rejeição: Código da UF diverge da UF da primeira NF-e do Lote
477 - Rejeição: Código do órgão diverge do órgão do primeiro evento do Lote
478 - Rejeição: Local da entrega não informado para faturamento direto de veículos novos
479 - Rejeição: Data de Emissão anterior a data de credenciamento ou anterior a Data de Abertura do estabelecimento
480 - Rejeição: Código Município do Emitente diverge do cadastrado na UF
481 - Rejeição: Código Regime Tributário do emitente diverge do cadastro na SEFAZ
482 - Rejeição: Código do Município do Destinatário diverge do cadastrado na UF
483 - Rejeição: Valor do desconto maior que valor do produto {nItem:nnn}
484 - Rejeição: Chave de Acesso com tipo de emissão diferente de 4 (posição 35 da Chave de Acesso)
485 - Rejeição: Duplicidade de numeração do EPEC (Modelo CNPJ Série e Número)
486 - Rejeição: Não informado o Grupo de Autorização para UF que exige a identificação
487 - Rejeição: Escritório de Contabilidade não cadastrado na SEFAZ
488 - Rejeição: Vendas do Emitente incompatíveis com o Porte da Empresa
489 - Rejeição: CNPJ informado inválido (DV ou zeros)
490 - Rejeição: CPF informado inválido (DV ou zeros)
491 - Rejeição: O tpEvento informado inválido
492 - Rejeição: O verEvento informado inválido
493 - Rejeição: Evento não atende o Schema XML específico
494 - Rejeição: Chave de Acesso inexistente
496 - Rejeição: Não informado o tipo de integração no pagamento com cartão de crédito / débito
501 - Rejeição: Pedido de Cancelamento intempestivo (NF-e autorizada a mais de 7 dias)
502 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id não corresponde à concatenação dos campos correspondentes
503 - Rejeição: Série utilizada fora da faixa permitida no SCAN (900-999)
504 - Rejeição: Data de Entrada/Saída posterior ao permitido
505 - Rejeição: Data de Entrada/Saída anterior ao permitido
506 - Rejeição: Data de Saída menor que a Data de Emissão
507 - Rejeição: O CNPJ do destinatário/remetente não deve ser informado em operação com o exterior
508 - Rejeição: CST incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
509 - Rejeição: Informado código de município diferente de “9999999” para operação com o exterior
510 - Rejeição: Operação com Exterior e Código País destinatário é 1058 (Brasil) ou não informado
511 - Rejeição: Não é de Operação com Exterior e Código País destinatário difere de 1058 (Brasil)
512 - Rejeição: CNPJ do Local de Retirada inválido
513 - Rejeição: Código Município do Local de Retirada deve ser 9999999 para UF retirada = EX
514 - Rejeição: CNPJ do Local de Entrega inválido
515 - Rejeição: Código Município do Local de Entrega deve ser 9999999 para UF entrega = EX
516 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para a mensagem
517 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz da mensagem
518 - Rejeição: CFOP de entrada para NF-e de saída
519 - Rejeição: CFOP de saída para NF-e de entrada
520 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e UF destinatário difere de EX
521 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF do emitente difere da UF do destinatário para destinatário contribuinte do ICMS.
522 - Rejeição: CFOP de Operação Estadual e UF emitente difere da UF remetente para remetente contribuinte do ICMS.
523 - Rejeição: CFOP não é de Operação Estadual e UF emitente igual a UF destinatário.
524 - Rejeição: CFOP de Operação com Exterior e não informado NCM
525 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados da DI
526 - Rejeição: Consulta a uma Chave de Acesso muito antiga
527 - Rejeição: Operação de Exportação com informação de ICMS incompatível
528 - Rejeição: Valor do ICMS difere do produto BC e Alíquota
529 - Rejeição: CST incompatível na operação com Contribuinte Isento de Inscrição Estadual {nItem:999}
530 - Rejeição: Operação com tributação de ISSQN sem informar a Inscrição Municipal
531 - Rejeição: Total da BC ICMS difere do somatório dos itens
532 - Rejeição: Total do ICMS difere do somatório dos itens
533 - Rejeição: Total da BC ICMS-ST difere do somatório dos itens
534 - Rejeição: Total do ICMS-ST difere do somatório dos itens
535 - Rejeição: Total do Frete difere do somatório dos itens
536 - Rejeição: Total do Seguro difere do somatório dos itens
537 - Rejeição: Total do Desconto difere do somatório dos itens
538 - Rejeição: Total do IPI difere do somatório dos itens
539 - Duplicidade de NF-e com diferença na Chave de Acesso {chNFe: 99999999999999999999999999999999999999999999}{nRec:999999999999999}
540 - Rejeição: CPF do Local de Retirada inválido
541 - Rejeição: CPF do Local de Entrega inválido
542 - Rejeição: CNPJ do Transportador inválido
543 - Rejeição: CPF do Transportador inválido
544 - Rejeição: IE do Transportador inválida
545 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão da mensagem
546 - Rejeição: Erro na Chave de Acesso – Campo Id – falta a literal NFe
547 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso da NF-e Referenciada inválido
548 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada inválido.
549 - Rejeição: CNPJ da NF referenciada de produtor inválido.
550 - Rejeição: CPF da NF referenciada de produtor inválido.
551 - Rejeição: IE da NF referenciada de produtor inválido.
552 - Rejeição: Dígito Verificador da Chave de Acesso do CT-e Referenciado inválido
553 - Rejeição: Tipo autorizador do recibo diverge do Órgão Autorizador.
554 - Rejeição: Série difere da faixa 0-899
555 - Rejeição: Tipo autorizador do protocolo diverge do Órgão Autorizador.
556 - Rejeição: Justificativa de entrada em contingência não deve ser informada para tipo de emissão normal.
557 - Rejeição: A Justificativa de entrada em contingência deve ser informada.
558 - Rejeição: Data de entrada em contingência posterior a data de recebimento.
559 - Rejeição: UF do Transportador não informada
560 - Rejeição: CNPJ base do emitente difere do CNPJ base da primeira NF-e do lote recebido
561 - Rejeição: Mês de Emissão informado na Chave de Acesso difere do Mês de Emissão da NF-e
562 - Rejeição: Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e {chNFe:99999999999999999999999999999999999999999999}
563 - Rejeição: Já existe pedido de Inutilização com a mesma faixa de inutilização
564 - Rejeição: Total do Produto / Serviço difere do somatório dos itens
565 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste a tag raiz esperada para o lote de NF-e
567 - Rejeição: Falha no schema XML – versão informada na versaoDados do SOAPHeader diverge da versão do lote de NF-e
568 - Rejeição: Falha no schema XML – inexiste atributo versao na tag raiz do lote de NF-e
569 - Rejeição: Data de entrada em contingência muito atrasada
570 - Rejeição: Tipo de Emissão 3 6 ou 7 só é válido nas contingências SCAN/SVC
571 - Rejeição: O tpEmis informado diferente de 3 para contingência SCAN
572 - Rejeição: Erro Atributo ID do evento não corresponde a concatenação dos campos (“ID” + tpEvento + chNFe + nSeqEvento)
573 - Rejeição: Duplicidade de Evento
574 - Rejeição: O autor do evento diverge do emissor da NF-e
575 - Rejeição: O autor do evento diverge do destinatário da NF-e
576 - Rejeição: O autor do evento não é um órgão autorizado a gerar o evento
577 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de emissão da NF-e
578 - Rejeição: A data do evento não pode ser maior que a data do processamento
579 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para NF-e não emitida em contingência
580 - Rejeição: O evento exige uma NF-e autorizada
587 - Rejeição: Usar somente o namespace padrão da NF-e
588 - Rejeição: Não é permitida a presença de caracteres de edição no início/fim da mensagem ou entre as tags da mensagem
589 - Rejeição: Número do NSU informado superior ao maior NSU da base de dados da SEFAZ
590 - Rejeição: Informado CST para emissor do Simples Nacional (CRT=1)
591 - Rejeição: Informado CSOSN para emissor que não é do Simples Nacional (CRT diferente de 1)
592 - Rejeição: A NF-e deve ter pelo menos um item de produto sujeito ao ICMS
593 - Rejeição: CNPJ-Base consultado difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
594 - Rejeição: O número de sequencia do evento informado é maior que o permitido
595 - Rejeição: Obrigatória a informação da justificativa do evento.
596 - Rejeição: Evento apresentado fora do prazo: {prazo vigente}
597 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de IPI
598 - Rejeição: NF-e emitida em ambiente de homologação com Razão Social do destinatário diferente de NF-E EMITIDA EM AMBIENTE DE HOMOLOGACAO – SEM VALOR FISCAL
599 - Rejeição: CFOP de Importação e não informado dados de II
600 - Rejeição: CSOSN incompatível na operação com Não Contribuinte {nItem:999}
601 - Rejeição: Total do II difere do somatório dos itens
602 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
603 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ICMS
604 - Rejeição: Total do vOutro difere do somatório dos itens
605 - Rejeição: Total do vISS difere do somatório do vProd dos itens sujeitos ao ISSQN
606 - Rejeição: Total do vBC do ISS difere do somatório dos itens
607 - Rejeição: Total do ISS difere do somatório dos itens
608 - Rejeição: Total do PIS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
609 - Rejeição: Total do COFINS difere do somatório dos itens sujeitos ao ISSQN
610 - Rejeição: Total da NF difere do somatório dos Valores compõe o valor Total da NF.
611 - Rejeição: cEAN inválido
612 - Rejeição: cEANTrib inválido
613 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
614 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Código UF inválido)
615 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Ano menor que 06 ou Ano maior que Ano corrente)
616 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (Mês menor que 1 ou Mês maior que 12)
617 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (CNPJ zerado ou dígito inválido)
618 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (modelo diferente de 55 e 65)
619 - Rejeição: Chave de Acesso inválida (número NF = 0)
620 - Rejeição: Chave de Acesso difere da existente em BD
621 - Rejeição: CPF Emitente não cadastrado
622 - Rejeição: IE emitente não vinculada ao CPF
623 - Rejeição: CPF Destinatário não cadastrado
624 - Rejeição: IE Destinatário não vinculada ao CPF
625 - Rejeição: Inscrição SUFRAMA deve ser informada na venda com isenção para ZFM
626 - Rejeição: CFOP de operação isenta para ZFM diferente do previsto
627 - Rejeição: O valor do ICMS desonerado deve ser informado
628 - Rejeição: Total da NF superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
629 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Comercialização e Quantidade Comercial
630 - Rejeição: Valor do Produto difere do produto Valor Unitário de Tributação e Quantidade Tributável
631 - Rejeição: CNPJ-Base do Destinatário difere do CNPJ-Base do Certificado Digital
632 - Rejeição: Solicitação fora de prazo a NF-e não está mais disponível para download
633 - Rejeição: NF-e indisponível para download devido a ausência de Manifestação do Destinatário
634 - Rejeição: Destinatário da NF-e não tem o mesmo CNPJ raiz do solicitante do download
635 - Rejeição: NF-e com mesmo número e série já transmitida e aguardando processamento
636 - Rejeição: O tipo do evento de cancelamento não corresponde ao tipo do evento a ser cancelado
641 - Rejeição: A data do evento não pode ser menor que a data de autorização para o evento
650 - Rejeição: Evento de “Ciência da Emissão” para NF-e Cancelada ou Denegada
651 - Rejeição: Evento de “Desconhecimento da Operação” para NF-e Cancelada ou Denegada
653 - Rejeição: NF-e Cancelada arquivo indisponível para download
654 - Rejeição: NF-e Denegada arquivo indisponível para download
655 - Rejeição: Evento de Ciência da Emissão informado após a manifestação final do destinatário
656 - Rejeição: Consumo Indevido
657 - Rejeição: Código do Órgão diverge do órgão autorizador
658 - Rejeição: UF do destinatário da Chave de Acesso diverge da UF autorizadora
659 - Rejeição: Ano-Mês da Data de Emissão diverge do Ano-Mês da Chave de Acesso
660 - Rejeição: CFOP de Combustível e não informado grupo de combustível {nItem:nnn}
661 - Rejeição: NF-e já existente para o número do EPEC informado
662 - Rejeição: Numeração do EPEC está inutilizada na Base de Dados da SEFAZ
663 - Rejeição: Alíquota do ICMS com valor superior a 4 por cento na operação de saída interestadual com produtos importados {nItem:999}
678 - Rejeição: NF referenciada com UF diferente da NF-e complementar
679 - Rejeição: Modelo de DF-e referenciado inválido
680 - Rejeição: Duplicidade de NF-e referenciada (Chave de Acesso referenciada mais de uma vez)
681 - Rejeição: Duplicidade de NF Modelo 1 referenciada (CNPJ Modelo Série e Número)
682 - Rejeição: Duplicidade de NF de Produtor referenciada (IE Modelo Série e Número)
683 - Rejeição: Modelo do CT-e referenciado diferente de 57
684 - Rejeição: Duplicidade de Cupom Fiscal referenciado (Modelo Número de Ordem e COO)
685 - Rejeição: Total do Valor Aproximado dos Tributos difere do somatório dos itens
686 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e cancelada
687 - Rejeição: NF Complementar referencia uma NF-e denegada
688 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE inexistente {nRef: xxx}
689 - Rejeição: NF referenciada de Produtor com IE não vinculada ao CNPJ/CPF informado {nRef: xxx}
690 - Rejeição: Pedido de Cancelamento para NF-e com CT-e
691 - Rejeição: Chave de Acesso da NF-e diverge da Chave de Acesso do EPEC
693 - Rejeição: Alíquota de ICMS superior a definida para a operação interestadual {nItem:999}
694 - Rejeição: Não informado o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
695 - Rejeição: Informado indevidamente o grupo de ICMS para a UF de destino {nItem:999}
697 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS com origem diferente do previsto {nItem:999}
698 - Rejeição: Alíquota interestadual do ICMS incompatível com as UF envolvidas na operação {nItem:999}
699 - Rejeição: Percentual do ICMS Interestadual para a UF de destino difere do previsto para o ano da Data de Emissão {nItem:999}
700 - Rejeição: Mensagem de Lote versão 3.xx. Enviar para o Web Service nfeAutorizacao
701 - Rejeição: Não informado Nota Fiscal referenciada (CFOP de Exportação Indireta)
702 - Rejeição: NFC-e não é aceita pela UF do Emitente
703 - Rejeição: Data-Hora de Emissão posterior ao horário de recebimento
704 - Rejeição: NFC-e com Data-Hora de emissão atrasada
705 - Rejeição: NFC-e com data de entrada/saída
706 - Rejeição: NFC-e para operação de entrada
707 - Rejeição: NFC-e para operação interestadual ou com o exterior
708 - Rejeição: NFC-e não pode referenciar documento fiscal
709 - Rejeição: NFC-e com formato de DANFE inválido
710 - Rejeição: NF-e com formato de DANFE inválido
711 - Rejeição: NF-e com contingência off-line
712 - Rejeição: NFC-e com contingência off-line para a UF
713 - Rejeição: Tipo de Emissão diferente de 6 ou 7 para contingência da SVC acessada
714 - Rejeição: NFC-e com opção de contingência inválida (tpEmis=2 4 (a critério da UF) ou 5)
715 - Rejeição: NFC-e com finalidade inválida
716 - Rejeição: NFC-e em operação não destinada a consumidor final
717 - Rejeição: NFC-e em operação não presencial
718 - Rejeição: NFC-e não deve informar IE de Substituto Tributário
719 - Rejeição: NF-e sem a identificação do destinatário
720 - Rejeição: Na operação com Exterior deve ser informada tag idEstrangeiro
721 - Rejeição: Operação interestadual deve informar CNPJ ou CPF
723 - Rejeição: Operação interna com idEstrangeiro informado deve ser para consumidor final
724 - Rejeição: NF-e sem o nome do destinatário
725 - Rejeição: NFC-e com CFOP inválido {nItem:nnn}
726 - Rejeição: NF-e sem a informação de endereço do destinatário
727 - Rejeição: Operação com Exterior e UF diferente de EX
728 - Rejeição: NF-e sem informação da IE do destinatário
729 - Rejeição: NFC-e com informação da IE do destinatário
730 - Rejeição: NFC-e com Inscrição Suframa
731 - Rejeição: CFOP de operação com Exterior e idDest <> 3
732 - Rejeição: CFOP de operação interestadual e idDest <> 2
733 - Rejeição: CFOP de operação interna e idDest <> 1
734 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Comercialização inválida
735 - Rejeição: NFC-e com Unidade de Tributação inválida
736 - Rejeição: NFC-e com grupo de Veículos novos
737 - Rejeição: NFC-e com grupo de Medicamentos
738 - Rejeição: NFC-e com grupo de Armamentos
740 - Rejeição: Item com Repasse de ICMS retido por Substituto Tributário {nItem:nnn}
741 - Rejeição: NFC-e com Partilha de ICMS entre UF
742 - Rejeição: NFC-e com grupo do IPI
743 - Rejeição: NFC-e com grupo do II
745 - Rejeição: NF-e sem grupo do PIS
746 - Rejeição: NFC-e com grupo do PIS-ST
748 - Rejeição: NF-e sem grupo da COFINS
749 - Rejeição: NFC-e com grupo da COFINS-ST
750 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Código) {Limite}
751 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Nome) {Limite}
752 - Rejeição: NFC-e com valor total superior ao permitido para destinatário não identificado (Endereço) {Limite}
753 - Rejeição: NFC-e com Frete
754 - Rejeição: NFC-e com dados do Transportador
755 - Rejeição: NFC-e com dados de Retenção do ICMS no Transporte
756 - Rejeição: NFC-e com dados do veículo de Transporte
757 - Rejeição: NFC-e com dados de Reboque do veículo de Transporte
758 - Rejeição: NFC-e com dados do Vagão de Transporte
759 - Rejeição: NFC-e com dados da Balsa de Transporte
760 - Rejeição: NFC-e com dados de cobrança (Fatura Duplicata)
761 - Rejeição: Código de Produtos ANP inexistente
762 - Rejeição: NFC-e com dados de compras (Empenho Pedido Contrato)
763 - Rejeição: NFC-e com dados de aquisição de Cana
764 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para Lote com mais de uma NF-e (indSinc=1)
765 - Rejeição: Lote só poderá conter NF-e ou NFC-e
766 - Rejeição: Item com CST indevido {nItem:nnn}
767 - Rejeição: NFC-e com somatório dos pagamentos diferente do total da Nota Fiscal
768 - Rejeição: NF-e não deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
769 - Rejeição: A critério da UF NFC-e deve possuir o grupo de Formas de Pagamento
770 - Rejeição: NFC-e autorizada há mais de 24 horas.
771 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino com EX
772 - Rejeição: Operação Interestadual e UF de destino igual à UF do emitente
773 - Rejeição: Operação Interna e UF de destino difere da UF do emitente
774 - Rejeição: NFC-e com indicador de item não participante do total
775 - Rejeição: Modelo da NFC-e diferente de 65
776 - Rejeição: Solicitada resposta síncrona para UF que não disponibiliza este atendimento (indSinc=1)
777 - Rejeição: Obrigatória a informação do NCM completo
778 - Rejeição: Informado NCM inexistente {nItem:nnn}
779 - Rejeição: NFC-e com NCM incompatível
780 - Rejeição: Total da NFC-e superior ao valor limite estabelecido pela SEFAZ {Limite}
781 - Rejeição: Emissor não habilitado para emissão da NFC-e
782 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pelo SCAN
783 - Rejeição: NFC-e não é autorizada pela SVC
784 - Rejeição: NFC-e não permite o evento de Carta de Correção
785 - Rejeição: NFC-e com entrega a domicílio não permitida pela UF
786 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem dados do Transportador
787 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem a identificação do destinatário
788 - Rejeição: NFC-e de entrega a domicílio sem o endereço do destinatário
789 - Rejeição: NFC-e para destinatário contribuinte de ICMS
790 - Rejeição: Operação com Exterior para destinatário Contribuinte de ICMS
791 - Rejeição: NF-e com indicação de destinatário isento de IE com a informação da IE do destinatário
792 - Rejeição: Informada a IE do destinatário para operação com destinatário no Exterior
793 - Rejeição: Valor do ICMS relativo ao Fundo de Combate à Pobreza na UF de destino difere do calculado {nItem:999}
794 - Rejeição: NF-e com indicativo de NFC-e com entrega a domicílio
795 - Rejeição: Total do ICMS desonerado difere do somatório dos itens
796 - Rejeição: Empresa sem Chave de Segurança para o QR-Code
798 - Rejeição: Valor total do ICMS relativo Fundo de Combate à Pobreza (FCP) da UF de destino difere do somatório do valor dos itens
799 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF de destino difere do somatório dos itens
800 - Rejeição: Valor total do ICMS Interestadual da UF do remetente difere do somatório dos itens
805 - Rejeição: A SEFAZ do destinatário não permite Contribuinte Isento de Inscrição Estadual
806 - Rejeição: Operação com ICMS-ST sem informação do CEST
807 - Rejeição: NFC-e com grupo de ICMS para a UF do destinatário
854 - Rejeição: Unidade Tributável incompatível com produto informado {nItem:nnn}
855 - Rejeição: Somatório percentuais de GLP derivado do petróleo GLGNn e GLGNi difer
856 - Rejeição: Campo valor de partida não preenchido para produto GLP {nItem: nnn}
857 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento
858 - Rejeição: Grupo de Tributação informado indevidamente {nItem: nnn}
859 - Rejeição: Total do FCP retido anteriormente por Substituição Tributária difere d
860 - Rejeição: Valor do FCP informado difere de base de cálculo*alíquota {nItem:nnn}
861 - Rejeição: Total do FCP difere do somatório dos itens
862 - Rejeição: Total do FCP ST difere do somatório dos itens
863 - Rejeição: Total do IPI devolvido difere do somatório dos itens
864 - Rejeição: NF-e com indicativo de Operação presencial fora do estabelecimento e
865 - Rejeição: Total dos pagamentos menor que o total da nota
866 - Rejeição: Ausência de troco quando o valor dos pagamentos informados for maior
867 - Rejeição: Grupo Duplicata não deve ser preenchido
868 - Rejeição: Grupos Veiculo Transporte e Reboque não devem ser informados
869 - Rejeição: Valor do troco incorreto
870 - Rejeição: Data de validade incompatível com data de fabricação {nItem:nnn}
871 - Rejeição: O campo Forma de Pagamento deve ser preenchido com a opção “Sem Pagame
872 - Rejeição: Informado Duplicata Mercantil como Forma de Pagamento e não preenchido
873 - Rejeição: Rejeição: Operação com medicamentos não informado os campos de rastrea
874 - Rejeição: Percentual de FCP inválido {nItem:nnn}
875 - Rejeição: Percentual de FCP ST inválido {nItem:nnn}
876 - Rejeição: Operação interestadual para Consumidor Final e valor do FCP informado
877 - Rejeição: Nota Fiscal sem a informação da URL de consulta por chave de acesso
878 - Rejeição: Endereço do site da UF da Consulta por chave de acesso diverge do prev
879 - Rejeição: Informado item “Produzido em Escala NÃO Relevante” e não informado CNP
999 - Rejeição: Erro não catalogado (informar a mensagem de erro capturado no tratamento da exceção)

Autor: : Minf
Última atualização: 27/05/2021 03:59


Script para ajustar hora no Windows

 Algum problema na placa mãe ou bateria pode ocorrer atrasos no horário do Windows. Nos passos abaixo iremos demostrar como criar um script para que seu relógio seja atualizado automaticamente ao iniciar o computador. Mas lembrando para que a atualização do horário tenha sua eficácia você precisar estar conectado à internet.

 1) Abra o bloco de notas e digite o texto:

net start w32time

w32tm /resync /force

net stop w32time

E salve como AtualizaHorario.bat em c:\

2) No menu iniciar digite taskschd.msc + Enter e na janela que se abre clique em “Criar Tarefa”.

3) Na guia Geral em nome coloque “Atualizar Relógio”, marque a opção: “Executar com privilégios mais altos”.

4) Clique na guia: Disparadores e clique no botão Novo.

5) No campo Iniciar a tarefa marque a opção: “Ao fazer logon” e clique em ok.

6) Clique na guia: Ações e clique em Novo.

7) No campo Programa\script coloque o caminho onde você salvou o arquivo “C:\AtualizaHorario.bat” ou então clique em procurar e localize o arquivo, depois clique em Ok.

8) Para finalizar clique em Ok e reinicie o seu computador e sempre que você ligar vai tar na hora certa. (Lembrando que é necessário estar conectado na internet).

Autor: : Minf
Última atualização: 24/08/2021 02:07


Atualização da Tabela de IBPT

 Para importar a tabela de IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) siga os passos abaixo.

1) Faça o download da tabela atualizada no endereço http://www.minf.com.br/link.php usaremos o exemplo a tabela do estado de São Paulo e na edição desde passo a passo é a tabela Tabela IBPT 21.1.C

2) Localize o arquivo de seu estado e salve no computador. Exemplo: C:\MINF\

3) Entre no sistema na opção: Cadastros -> Auxiliares -> Tabela IBPT;

4) Clique no botão de importação de dados;

5) Selecione o arquivo TabelaIBPTaxSP21.1.C.csv onde foi salvo e clique no botão abrir.

 

Observação: Importação deve ser executada em apenas em um computador, pois será atualizado a base de dados do servidor

Autor: : Minf
Última atualização: 09/03/2021 03:20


Tabela de CFOP - Código Fiscal de Operações e Prestação

O que é CFOP?

CFOP é código fiscal utilizado para emissão de notas fiscais, declarações, guias e escrituração contábil. Basicamente, esse código define se a fatura é cobrada por impostos, estoque e alterações financeiras. Em suma, existem dois critérios para os códigos CFOP, que são atribuídos por tipo de nota (entrada ou saída) e a região onde o produto é vendido.

CFOP Descrição
1102 – Compra para comercialização Compra de produtos, de fornecedor do seu estado, sem substituição tributária
2102 – Compra para comercialização Compra de produtos, de fornecedor de outro estado, sem substituição tributária
2403 – Compra para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Compra de produtos, de fornecedor de outro estado, com substituição tributária
2556 – Classificam-se neste código as compras de produtos destinadas ao uso ou consumo do estabelecimento. Compra de produtos de fornecedor/vendedor de outro estado, destinados ao uso / consumo da empresa, por exemplo, materiais para consumir no dia-a-dia.
2551 – Compra de bem para o ativo imobilizado Compra de produtos de fornecedor/vendedor de outro estado, que são destinados às atividades da empresa.
CFOP Descrição
1908 – Entrada de bem por conta de contrato de comodatoo Entrada de bem que você recebe em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso (1908), o bem “emprestado” pertence ao mesmo estado.
1912 – Entrada de mercadoria ou bem recebido para demonstração ou mostruário  
1917 – Entrada de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial Entrada de mercadoria recebida em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso (1917), a mercadoria é do mesmo estado.
2908 – Entrada de bem por conta de contrato de comodato Entrada de bem que você recebe em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso (2908), o bem “emprestado” pertence a outro estado.
2912 – Entrada de mercadoria ou bem recebido para demonstração ou mostruário  
2917 – Entrada de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial Entrada de mercadoria recebida em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso (1917), a mercadoria é de outro estado.
CFOP Descrição
2411 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de um produto que você vendeu para um cliente de outro estado e possui substituição tributária.
2202 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Devolução de um produto que você vendeu para um cliente de outro estado e não possui substituição tributária.
2204 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio Devolução de um produto que você vendeu para um cliente de outro estado, na Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio, e que não possui substituição tributária.
1202 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Devolução de um produto que você vendeu para um cliente do mesmo estado e não possui substituição tributária.
1204 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio Devolução de um produto que você vendeu para um cliente do mesmo estado, na Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio, e que não possui substituição tributária.
1411 – Devolução de venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de um produto que você vendeu para um cliente do mesmo estado e possui substituição tributária.
2553 – Devolução de venda de bem do ativo imobilizado Devolução de uma venda feita com bens utilizados nas atividades da sua empresa, para pessoa ou empresa de outro estado.
1553 – Devolução de venda de bem do ativo imobilizado Devolução de uma venda feita com bens utilizados nas atividades da sua empresa, para pessoa ou empresa do mesmo estado.
1209 – Devolução de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, remetida em transferência Devolução de um produto que foi enviado pela sua empresa para terceiros do mesmo estado, para fins diversos (venda, demonstração, etc).
1918 – Devolução de mercadoria remetida em consignação mercantil ou industrial Devolução de um produto que você enviou em consignação para outra empresa que está no mesmo estado que a sua.
2209 – Devolução de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, remetida em transferência Devolução de um produto que foi enviado pela sua empresa para terceiros de outro estado, para fins diversos (venda, demonstração, etc).
2918 – Devolução de mercadoria remetida em consignação mercantil ou industrial Devolução de um produto que você enviou em consignação para uma empresa que é de outro estado.
CFOP Descrição
1415 – Retorno de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, remetida para venda fora do estabelecimento em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Retorno de mercadoria com substituição tributária, que você enviou para vender fora da sua empresa, mas no mesmo estado.
1904 – Retorno de remessa para venda fora do estabelecimento Retorno de mercadoria sem substituição tributária, que você enviou para vender fora da sua empresa, mas no mesmo estado.
2415 – Retorno de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, remetida para venda fora do estabelecimento em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Retorno de mercadoria com substituição tributária, que você enviou para vender fora da sua empresa e em outro estado.
2904 – Retorno de remessa para venda fora do estabelecimento Retorno de mercadoria sem substituição tributária, que você enviou para vender fora da sua empresa e em outro estado.
1554 – Retorno de bem do ativo imobilizado remetido para uso fora do estabelecimento Retorno de um bem da sua empresa que foi enviado para ser usado em outro local, dentro do seu estado.
2554 – Retorno de bem do ativo imobilizado remetido para uso fora do estabelecimento Retorno de um bem da sua empresa que foi enviado para ser usado em outro local, fora do seu estado.
1555 – Entrada de bem do ativo imobilizado de terceiro, remetido para uso no estabelecimento Quando sua empresa recebe um bem de outra empresa, que está no mesmo estado, para utilização nas atividades de sua empresa.
2555 – Entrada de bem do ativo imobilizado de terceiro, remetido para uso no estabelecimento Quando sua empresa recebe um bem de outra empresa, que está em outro estado, para utilização nas atividades de sua empresa.
1906 – Retorno de mercadoria remetida para depósito fechado ou armazém geral Quando sua própria mercadoria retorna ao seu estoque de um armazém ou depósito no mesmo estado que o seu.
1907 – Retorno simbólico de mercadoria remetida para depósito fechado ou armazém geral Quando ocorre algum imprevisto no envio da sua própria mercadoria para um armazém ou depósito de estocagem (no mesmo estado) e ela retorna ao seu estoque, antes de ter chegado ao destino inicial.
2906 – Retorno de mercadoria remetida para depósito fechado ou armazém geral Quando sua própria mercadoria retorna ao seu estoque de um armazém ou depósito de outro estado.
2907 – Retorno simbólico de mercadoria remetida para depósito fechado ou armazém geral Quando ocorre algum imprevisto no envio da sua própria mercadoria para um armazém ou depósito de estocagem (em outro estado) e ela retorna ao seu estoque, antes de ter chegado ao destino inicial.
1909 – Retorno de bem remetido por conta de contrato de comodato Retorno de bem que você enviou em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso (2908), o bem da sua empresa foi emprestado para uma empresa do mesmo estado.
1913 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para demonstração, mostruário ou treinamento Retorno de mercadoria que você enviou para demonstração, mostruário ou treinamento em outra empresa no mesmo estado que o seu.
1914 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para exposição ou feira Retorno de mercadoria que você enviou para uma exposição ou feira que ocorreu no mesmo estado que o seu.
1916 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para conserto ou reparo Retorno de uma mercadoria de sua empresa, que você enviou para arrumar em um lugar no mesmo estado.
2909 – Retorno de bem remetido por conta de contrato de comodato Retorno de bem que você enviou em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso (2908), o bem da sua empresa foi emprestado para uma empresa de outro estado.
2913 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para demonstração, mostruário ou treinamento Retorno de mercadoria que você enviou apenas para demonstração, mostruário ou treinamento em outra empresa em outro estado diferente do seu.
2914 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para exposição ou feira Retorno de mercadoria que você enviou para uma exposição ou feira que ocorreu em outro estado diferente do seu.
2916 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para conserto ou reparo Retorno de uma mercadoria de sua empresa, que você enviou para arrumar em um lugar em um estado diferente do seu.
1915 – Entrada de mercadoria ou bem recebido para conserto ou reparo Quando sua empresa recebe um produto para arrumar/consertar, vindo do mesmo estado que o seu.
2915 – Entrada de mercadoria ou bem recebido para conserto ou reparo Quando sua empresa recebe um produto para arrumar/consertar, vindo de um estado diferente do seu.
1925 – Retorno de mercadoria remetida para industrialização por conta e ordem do adquirente da mercadoria, quando esta não transitar pelo estabelecimento do adquirente Quando um produto seu, que foi enviado para uma indústria no mesmo estado que o da sua empresa, retorna para você antes mesmo de chegar no seu cliente.
2925 – Retorno de mercadoria remetida para industrialização por conta e ordem do adquirente da mercadoria, quando esta não transitar pelo estabelecimento do adquirente Quando um produto seu, que foi enviado para uma indústria em outro estado, retorna para você antes mesmo de chegar no seu cliente.
2949 – Outra entrada de mercadoria ou prestação de serviço não especificada Qualquer outra entrada de mercadoria na sua empresa, vinda de outro estado, que não se encaixe em nenhuma das outras especificações anteriores. Este CFOP é muito usado para troca em garantia.
1949 – Outra entrada de mercadoria ou prestação de serviço não especificada Qualquer outra entrada de mercadoria na sua empresa, vinda do mesmo estado, que não se encaixe em nenhuma das outras especificações anteriores.
CFOP Descrição
1152 – Transferência de produtos de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem comercializadas. Quando sua empresa recebe seus produtos vindos de outro espaço da sua própria rede, dentro do mesmo estado, para que seja vendido.
2152 – Transferência de produtos de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem comercializadas. Quando sua empresa recebe seus produtos vindos de outro espaço da sua própria rede, dentro de outro estado, para que seja vendido.
1409 – Transferência para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária, para serem comercializadas, decorrentes de operações sujeitas ao regime de substituição tributária. Quando sua empresa recebe seus produtos com substituição tributária vindos de outro espaço da sua própria rede, dentro do mesmo estado, para que seja vendido.
2409 – Transferência para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária, para serem comercializadas, decorrentes de operações sujeitas ao regime de substituição tributária. Quando sua empresa recebe seus produtos com substituição tributária vindos de outro espaço da sua própria rede, dentro de outro estado, para que seja vendido.
1154 – Transferência para utilização na prestação de serviço de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem utilizadas nas prestações de serviços. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede no mesmo estado, para utilizar ao prestar um serviço.
2154 – Transferência para utilização na prestação de serviço de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem utilizadas nas prestações de serviços. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede em outro estado, para utilizar ao prestar um serviço.
1557 – Transferência de material para uso ou consumo recebidos em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede no mesmo estado, para uso ou consumo.
2557 – Transferência de material para uso ou consumo recebidos em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede em outro estado, para uso ou consumo.
1552 – Transferência de bem do ativo imobilizado recebidos em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede no mesmo estado, mercadoria essa para ser destinada às atividades da empresa.
2552 – Transferência de bem do ativo imobilizado recebidos em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa. Quando sua empresa recebe uma mercadoria vinda da sua própria empresa, de uma sede de outro estado, mercadoria essa para ser destinada às atividades da empresa.
CFOP Descrição
5102 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Venda de um produto para um cliente do mesmo estado e que não possui substituição tributária.
6102 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros Venda de um produto para um cliente de outro estado e que não possui substituição tributária.
5403 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, sujeita ao regime de substituição tributária, na condição de **contribuinte-substituto** Venda de uma mercadoria que você comprou de terceiros e que tenha substituição tributária. Nesse caso, a venda é feita dentro do mesmo estado e sua empresa é quem vai pagar o imposto.
5405 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, sujeita ao regime de substituição tributária, na condição de contribuinte-substituído Venda de uma mercadoria que você comprou de terceiros e que tenha substituição tributária. Nesse caso, a venda é feita dentro do mesmo estado e a empresa que comprou é quem vai pagar o imposto.
6403 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, sujeita ao regime de substituição tributária, na condição de **contribuinte-substituto** Venda de uma mercadoria que você comprou de terceiros e que tenha substituição tributária. Nesse caso, a venda é feita para outro estado e sua empresa é quem vai pagar o imposto.
6404 – Venda de mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária, cujo imposto já tenha sido retido anteriormente Venda para cliente de outro estado, de uma mercadoria que já teve o imposto retido anteriormente.
5110 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comercio, de que trata o Anexo do Convênio SINIEF s/n, de 15 de dezembro de 1970, que dispõe sobre o Sistema Nacional Integrado de Informações Econômico-Fiscais Venda de produto para um cliente do mesmo estado, na Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio, e que não possui substituição tributária.
6108 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, destinada a não contribuinte Venda de mercadoria, que foi comprada de terceiros, para comprador de outro estado que não contribui com ICMS. Isento de ICMS, isso não significa que não possui Inscrição Estadual, ok?
5551 – Venda de bem do ativo imobilizado Venda de BEM da empresa para comprador do mesmo estado.
6551 – Venda de bem do ativo imobilizado Venda de BEM da empresa para comprador de outro estado.
5114 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros **REMETIDA** anteriormente em consignação mercantil Quando você vende um produto que anteriormente enviou como em consignação, você utiliza esse CFOP após fazer uma emissão com o 1917.
5115 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, **RECEBIDA** anteriormente em consignação mercantil Quando sua empresa compra um produto que foi recebido em consignação e faz a venda deste dentro do mesmo estado.
5117 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, originada de encomenda para entrega futura Quando você emite uma nota de venda para um cliente do mesmo estado, que encomendou mercadoria da sua empresa, mas ainda não a recebeu. Utilizado na entrega da mercadoria emitida pela NF com CFOP 5922.
5119 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros entregue ao destinatário por conta e ordem do adquirente originário, em venda à ordem Quando seu cliente, do mesmo estado que sua empresa, vende um produto que comprou da sua empresa e manda entregar direto no cliente dele. Nesse caso, seu cliente paga pelo frete.
5120 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros entregue ao destinatário pelo vendedor remetente, em venda à ordem Quando seu cliente, do mesmo estado que sua empresa, vende um produto que comprou da sua empresa e manda entregar direto no cliente dele. Nesse caso, sua empresa paga pelo frete.
5922 – Lançamento efetuado a título de simples faturamento decorrente de venda para entrega futura Quando você emite uma nota de lançamento de mercadoria sem substituição tributária para um cliente do mesmo estado, que encomendou mercadoria da sua empresa mas ainda não a recebeu. Utilizado em casos de adiantamento ou recebimento financeiro.
6922 – Lançamento efetuado a título de simples faturamento decorrente de venda para entrega futura. Quando você emite uma nota de lançamento de mercadoria sem substituição tributária para um cliente de outro estado, que encomendou mercadoria da sua empresa mas ainda não a recebeu. Utilizado em casos de adiantamento ou recebimento financeiro.
6104 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, efetuada fora do estabelecimento Quando a nota é referente a uma venda que foi realizada fora do estabelecimento, para cliente de outro estado.
5104 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, efetuada fora do estabelecimento Quando a nota é referente a uma venda que foi realizada fora do estabelecimento, para cliente do mesmo estado.
6110 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio Venda de produto para um cliente de outro estado, na Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio, e que não possui substituição tributária.
5110 – Venda de mercadoria, adquirida ou recebida de terceiros, destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio Venda de produto para um cliente do mesmo estado, na Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio, e que não possui substituição tributária.
6114 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros **REMETIDA** anteriormente em consignação mercantil Quando sua empresa consigna um produto a um cliente de outro estado e esse cliente faz a venda desse produto.
6115 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, **RECEBIDA** anteriormente em consignação mercantil Quando sua empresa recebe um produto em consignação e faz a venda dele para outro estado.
6117 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, originada de encomenda para entrega futura Quando você emite uma nota de venda para um cliente de outro estado, que encomendou mercadoria da sua empresa, mas ainda não a recebeu.
6119 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros entregue ao destinatário por conta e ordem do adquirente originário, em venda à ordem Quando seu cliente, de outro estado, vende um produto que comprou da sua empres e manda entregar direto no cliente dele. Nesse caso, seu cliente paga pelo frete.
6120 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros entregue ao destinatário pelo vendedor remetente, em venda à ordem Quando seu cliente, de outro estado, vende um produto que comprou da sua empresa e manda entregar direto no cliente dele. Nesse caso, sua empresa paga pelo frete.
5123 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros remetida para industrialização, por conta e ordem do adquirente, sem transitar pelo estabelecimento do adquirente Quando você manda uma mercadoria para alteração, adição de outros itens para compor o que você vende, sem que a matéria-prima passe por seu estabelecimento
6123 – Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros remetida para industrialização, por conta e ordem do adquirente, sem transitar pelo estabelecimento do adquirente Quando você manda uma mercadoria para alteração, adição de outros itens para compor o que você vende, sem que a matéria-prima passe por seu estabelecimento
CFOP Descrição
5917 – Remessa de mercadoria em consignação mercantil ou industrial Saída de mercadoria em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso, a mercadoria vai para o mesmo estado.
5908 – Remessa de bem por conta de contrato de comodato Saída de bem da sua empresa em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso o bem é “emprestado” para uma empresa no mesmo estado.
5909 – Retorno de bem recebido por conta de contrato de comodato Saída de bem que você recebeu em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso, o bem “emprestado” pertence a uma outra empresa do mesmo estado e você está devolvendo.
6908 – Remessa de bem por conta de contrato de comodato Saída de bem da sua empresa em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso o bem é “emprestado” para uma empresa em outro estado.
6909 – Retorno de bem recebido por conta de contrato de comodato Saída de bem que você recebeu em comodato. No contrato de comodato, a empresa que é dona do bem o “empresta” sem cobrar por isso, mas por outro lado, pode retirar quando decidir. Neste caso, o bem “emprestado” pertence a uma outra empresa de outro estado e você está devolvendo.
6917 – Remessa de mercadoria em consignação mercantil ou industrial Saída de mercadoria em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso, a mercadoria vai para outro estado.
CFOP Descrição
5412 – Devolução de bem do ativo imobilizado, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de produtos que seriam destinados ao consumo/uso da empresa para fornecedor/vendedor do mesmo estado. Produtos com substituição tributária.
5553 – Devolução de compra de bem para o ativo imobilizado Devolução de produtos que seriam destinados ao consumo/uso da empresa para fornecedor/vendedor do mesmo estado. Produtos sem substituição tributária.
6412 – Devolução de bem do ativo imobilizado, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de produtos que seriam destinados ao consumo/uso da empresa para fornecedor/vendedor de outro estado. Produtos com substituição tributária.
6553 – Devolução de compra de bem para o ativo imobilizado Devolução de produtos que seriam destinados ao consumo/uso da empresa para fornecedor/vendedor de outro estado. Produtos com substituição tributária.
5202 – Devolução de compra para comercialização Devolução de produtos que foram comprados para sua empresa vender. Quando esses produtos não têm substituição tributária e são de fornecedor do mesmo estado que o da sua empresa.
6202 – Devolução de compra para comercialização Devolução de produtos que foram comprados para sua empresa vender. Quando esses produtos não têm substituição tributária e são de fornecedor de outro estado.
5411 – Devolução de compra para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de produtos que foram comprados para sua empresa vender. Quando esses produtos possuem substituição tributária e são de fornecedor do mesmo estado que o da sua empresa.
6411 – Devolução de compra para comercialização em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Devolução de produtos que foram comprados para sua empresa vender. Quando esses produtos possuem substituição tributária e são de fornecedor de outro estado.
5918 – Devolução de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial Devolução de mercadoria que foi recebida em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso, a mercadoria é do mesmo estado.
5919 – Devolução simbólica de mercadoria vendida ou utilizada em processo industrial, recebida anteriormente em consignação mercantil ou industrial Quando, por algum motivo pontual, você precisa fazer uma devolução apenas simbólica dentro do mesmo estado, sem realmente devolver a mercadoria que foi acordada em consignação.
5921- Devolução de vasilhame ou sacaria Quando sua empresa devolve uma embalagem, vasilhame ou sacaria para outra empresa do mesmo estado.
5209 – Devolução de produtos recebidas em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem comercializadas. Quando, dentro do mesmo estado, sua empresa devolve produtos para outro espaço da sua própria rede, para que sejam vendidos.
6209 – Devolução de produtos recebidas em transferência de outro estabelecimento da mesma empresa, para serem comercializadas. Quando, entre diferentes estados, sua empresa devolve produtos para outro espaço da sua própria rede, para que sejam vendidos.
6918 – Devolução de mercadoria recebida em consignação mercantil ou industrial Devolução de mercadoria que foi recebida em consignação. No contrato de consignação mercantil ou industrial, a mercadoria é consignada com a intenção de ser vendida. Neste caso, a mercadoria é de outro estado.
6919 – Devolução simbólica de mercadoria vendida ou utilizada em processo industrial, recebida anteriormente em consignação mercantil ou industrial Quando, por algum motivo pontual, você precisa fazer uma devolução apenas simbólica para outro estado, sem realmente devolver a mercadoria que foi acordada em consignação.
6921- Devolução de vasilhame ou sacaria Quando sua empresa devolve uma embalagem, vasilhame ou sacaria para outra empresa de outro estado.
5210 – Devolução de compra para utilização na prestação de serviço Quando você devolve uma mercadoria, que comprou para usar na prestação de serviço, para uma empresa dentro do mesmo estado.
6210 – Devolução de compra para utilização na prestação de serviço Quando você devolve uma mercadoria, que comprou para usar na prestação de serviço, para uma empresa de outro estado.
5413 – Devolução de mercadoria destinada ao uso ou consumo, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária. Devolução de mercadoria que você comprou de fornecedor/vendedor do mesmo estado, destinada ao uso / consumo da empresa e que tenha substituição tributária.
6413 – Devolução de mercadoria destinada ao uso ou consumo, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária. Devolução de mercadoria que você comprou de fornecedor/vendedor de outro estado, destinada ao uso / consumo da empresa e que tenha substituição tributária.
6556 – Devolução de compra de material de uso ou consumo Devolução de mercadoria que você comprou de fornecedor/vendedor de outro estado, destinada ao uso / consumo da empresa e que não tenha substituição tributária.
5556 – Devolução de compra de material de uso ou consumo Devolução de mercadoria que você comprou de fornecedor/vendedor do mesmo estado, destinada ao uso / consumo da empresa e que não tenha substituição tributária.
CFOP Descrição
5904 – Remessa para venda fora do estabelecimento Envio de mercadoria para fora do seu estabelecimento dentro do mesmo estado.
6905 – Remessa para depósito fechado ou armazém geral Envio de mercadoria para um depósito fechado ou armazém que fica em um outro estado.
5905 – Remessa para depósito fechado ou armazém geral Envio de mercadoria para um depósito fechado ou armazém que fica dentro do mesmo estado que sua empresa.
5415 – Remessa de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros para venda fora do estabelecimento, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Quando sua empresa envia, dentro do mesmo estado, uma mercadoria que foi recebida ou adquirida de terceiros e contém substituição tributária
6904 – Remessa para venda fora do estabelecimento Envio de mercadoria para fora do seu estabelecimento em outro estado.
6415 – Remessa de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros para venda fora do estabelecimento, em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Quando sua empresa envia para outro estado uma mercadoria que foi recebida ou adquirida de terceiros e contém substituição tributária.
5910 – Remessa em bonificação, doação ou brinde Envio de mercadoria dentro do mesmo estado, com o intuito de doar, bonificar ou apenas dar um brinde, sem fins comerciais.
5911 – Remessa de amostra grátis Envio de amostra grátis para empresa do mesmo estado.
6910 – Remessa em bonificação, doação ou brinde Envio de mercadoria para outro estado, com o intuito de doar, bonificar ou apenas dar um brinde, sem fins comerciais.
6911 – Remessa de amostra grátis Envio de amostra grátis para empresa de outro estado.
5912 – Remessa de mercadoria ou bem para demonstração, mostruário ou treinamento Envio de mercadoria apenas para demonstração, mostruário ou treinamento no mesmo estado, sem fins comerciais, ou seja, não pode ser vendida.
5913 – Retorno de mercadoria ou bem recebido para demonstração ou mostruário Quando você devolve, para uma empresa no mesmo estado, uma mercadoria que foi recebida apenas para demonstração ou mostruário, não para ser vendida.
5914 – Remessa de mercadoria ou bem para exposição ou feira Quando você envia uma mercadoria para uma feira ou para ficar exposta no mesmo estado, mas que pode ser vendida caso necessário.
5915- Remessa de mercadoria ou bem para conserto ou reparo Quando você envia uma mercadoria ou bem de sua empresa, para arrumar em um lugar no mesmo estado.
5916 – Retorno de mercadoria ou bem recebido para conserto ou reparo Quando você devolve para uma empresa do mesmo estado, uma mercadoria ou bem que sua empresa recebeu para arrumar.
6912 – Remessa de mercadoria ou bem para demonstração, mostruário ou treinamento Envio de mercadoria apenas para demonstração, mostruário ou treinamento em outro estado, sem fins comerciais, ou seja, não pode ser vendida.
6913 – Retorno de mercadoria ou bem recebido para demonstração ou mostruário Quando você devolve, para uma empresa de outro estado, uma mercadoria que foi recebida apenas para demonstração ou mostruário, não para ser vendida.
6914 – Remessa de mercadoria ou bem para exposição ou feira Quando você envia uma mercadoria para uma feira ou para ficar exposta em outro estado, mas que pode ser vendida caso necessário.
6915 – Remessa de mercadoria ou bem para conserto ou reparo Quando você envia uma mercadoria ou bem de sua empresa, para arrumar em um lugar em outro estado.
6916 – Retorno de mercadoria ou bem recebido para conserto ou reparo Quando você devolve para uma empresa de outro estado, uma mercadoria ou bem que sua empresa recebeu para arrumar.
5554 – Remessa de bem do ativo imobilizado para uso fora do estabelecimento Quando você envia um bem da sua empresa para que seja utilizado fora do seu estabelecimento, no mesmo estado.
6554 – Remessa de bem do ativo imobilizado para uso fora do estabelecimento Quando você envia um bem da sua empresa para que seja utilizado fora do seu estabelecimento, em outro estado.
5555 – Devolução de bem do ativo imobilizado de terceiro, recebido para uso no estabelecimento Quando você devolve um bem de outra empresa, do mesmo estado que o seu, que foi “emprestado” para que fosse utilizado na sua empresa.
6555 – Devolução de bem do ativo imobilizado de terceiro, recebido para uso no estabelecimento Quando você devolve um bem de outra empresa, de outro estado, que foi “emprestado” para que fosse utilizado na sua empresa.
5927 – Lançamento efetuado a título de baixa de estoque decorrente de perda, roubo ou deterioração Quando você precisa emitir uma nota de baixa de estoque apenas, para um produto que foi roubado, perdido ou estragado.
5928 – Lançamento efetuado a título de baixa de estoque decorrente do encerramento da atividade da empresa Quando você precisa emitir uma nota de baixa de estoque porque sua empresa não terá mais atividade.
5929 – Lançamento efetuado em decorrência de emissão de documento fiscal relativo a operação ou prestação também registrada em equipamento Emissor de Cupom Fiscal – ECF Quando você compra mercadoria em estabelecimento que emite Cupom Fiscal, e você precisará de uma nota fiscal para entrada em Estoque/Uso Consumo
5949 – Outra saída de mercadoria ou prestação de serviço não especificado Qualquer outra saída de mercadoria da sua empresa, para o mesmo estado, que não se encaixe em nenhuma das outras especificações anteriores.
6929 – Lançamento efetuado em decorrência de emissão de documento fiscal relativo a operação ou prestação também registrada em equipamento Emissor de Cupom Fiscal – ECF Quando você compra mercadoria em estabelecimento que emite Cupom Fiscal, e você precisará de uma nota fiscal para entrada em Estoque/Uso Consumo
6949 – Outra saída de mercadoria ou prestação de serviço não especificado Qualquer outra saída de mercadoria da sua empresa, para outro estado, que não se encaixe em nenhuma das outras especificações anteriores.
5206 – Anulação de valor relativo a aquisição de serviço de transporte Quando você paga para uma transportadora para enviar ou receber uma mercadoria, e por algum motivo cancelará o processo, deverá emitir uma NF com essa CFOP para anular o valor de Frete, assim o transportador pode recuperar o valor sobre.
6206 – Anulação de valor relativo a aquisição de serviço de transporte Quando você paga para uma transportadora para enviar ou receber uma mercadoria, e por algum motivo cancelará o processo, deverá emitir uma NF com essa CFOP para anular o valor de Frete, assim o transportador pode recuperar o valor sobre.
5603 – Ressarcimento de ICMS retido por substituição tributária Quando você emite uma nota com valores que não deveriam ser debitados quanto a substituição tributária, e precisa recuperá-los de forma legal
5606 – Utilização de saldo credor do ICMS para extinção por compensação de débitos fiscais Esse é utilizado de acordo com estado e sua base legal.
6603 – Ressarcimento de ICMS retido por substituição tributária Quando você emite uma nota com valores que não deveriam ser debitados quanto a substituição tributária, e precisa recuperá-los de forma legal.
CFOP Descrição
5409 – Transferência de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Saída de um produto que você comprou ou recebeu de um fornecedor / vendedor do mesmo estado e possui substituição tributária.
6409 – Transferência de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros em operação com mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária Saída de um produto que você comprou ou recebeu de um fornecedor / vendedor de outro estado e possui substituição tributária.
5557 – Transferência de material de uso ou consumo Transferência dentro do mesmo estado de materiais destinados ao uso ou consumo da empresa, por exemplo, para consumir no dia-a-dia.
6557 – Transferência de material de uso ou consumo Transferência para outro estado de materiais destinados ao uso ou consumo da empresa, por exemplo, para consumir no dia-a-dia.
5552 – Transferência de bem do ativo imobilizado Transferência dentro do mesmo estado de materiais que são destinados às atividades da empresa.
6552 – Transferência de bem do ativo imobilizado Transferência para outro estado de materiais que são destinados às atividades da empresa.

Autor: : Minf
Última atualização: 10/08/2021 21:54


O que fazer com uma NF-e Denegada?

Quando sua empresa ou seu cliente tiver alguma infração ou cobrança de tributos no Ministério da Fazenda, a nota fiscal  será denegada.

Se você pode emitir notas para outros clientes, a lista de pendências é dos seus clientes. Recomendamos que você espere até que ele resolva os problemas pendentes antes de emitir uma nova nota fiscal para ele.

Se você não puder emitir nota fiscal para outros clientes, o problema pendente pode ser um problema na sua empresa. Nesse caso, peça ajuda ao seu contador para que ele possa consultar e regularizar seu cadastro na SEFAZ.

É importante ressaltar que para as notas fiscais denegadas, nenhum procedimento deve ser realizado, pois seu registro já está incluso na SEFAZ e deve ser apresentado desta forma para fins contábeis. Portanto, ele não deve ser excluído do sistema, nem pode ser cancelada.

Autor: : Minf
Última atualização: 10/08/2021 22:22


NF-e denegada? Descubra como resolver isso!

É comum a Sefaz denegar ou ou rejeitar uma nota fiscal durante o processo de verificação. Mas o importante é que isso não se torne uma rotina no seu negócio. Veja como resolver e evitar este problema:

Quando a Sefaz descobrir violações por parte de seu emissor ou destinatário, a nota fiscal será rejeitada. Mas para saber o que fazer nesta situação, devemos primeiro entender a diferença entre rejeição e denegação.

Nota fiscal rejeitada:

Uma Nota Fiscal pode ser rejeitada por diversos motivos. Veja alguns exemplos:

  • Erros em cálculos
  • Informações incorretas na NFe
  • Assinatura digital inválida
  • Erros de duplicidade
  • Entre outros

Quando ocorre uma rejeição, a Nota Fiscal pode ser corrigida e enviado de volta para a Sefaz. A rejeição é como um falso alarme. Nesta parte do processo, a Nota Fiscal ainda não foi cadastrada no banco de dados da Sefaz.

Nota fiscal denegada:

Uma nota fiscal é denegada quando o emissor ou destinatário desta Nota Fiscal estão com pendências no Sefaz. Neste cenário, a nota fiscal foi enviada ao Sefaz, registrada e sua numeração não pode ser reutilizada. Além disso, a empresa não pode faturar essa nota.

Quando isso acontece, essa nota não tem valor fiscal, mas mesmo assim não é possível cancelar ou inutilizar sua numeração. Também é válido ressaltar que mesmo sendo denegada é necessário guardar essa nota pelo prazo exigido pela legislação que para nota fiscal eletrônica é de 5 anos.

Caso o problema tenha sido causado pelo destinatário, será retornado do Sefaz "302 - Uso Denegado: Irregularidade fiscal do destinatário"

São situações da inscrição estadual que ocasionam a denegação de uso da NF-e:

  • I.E. Suspensa;
  • I.E. Cancelada;
  • I.E. Baixada;
  • I.E. Em Processo de Baixa.

Nessa situação o emitente do documento pode verificar se a Inscrição Estadual do destinatário está em uma das situações listadas acima (é recomendado que a situação seja informada ao destinatário para que ele verifique sua situação com a Sefaz). É possível realizar a consulta de sua situação cadastral através do site do SINTEGRA ou no Cadastro Centralizado de Contribuinte. Nas consultas é exibido os termos "Habilitado" ou "Não Habilitado". O resultado "Habilitado" é uma indicação de que não há qualquer restrição em relação à Inscrição Estadual consultada, enquanto o termo "Não Habilitado" indica que a Inscrição Estadual está em uma das quatro situações listadas acima no cadastro da Secretaria de Fazenda.

O emitente de uma NF-e denegada pelo código de retorno 302 nada pode fazer para corrigir a situação. O código de retorno diz respeito a uma irregularidade na Inscrição Estadual do destinatário.

Somente o representante legal do destinatário deverá, junto a Sefaz normalizar sua Inscrição Estadual.

Autor: : Minf
Última atualização: 10/08/2021 22:47